Selena Gomez na Vogue: 4 destaques da entrevista

Acompanhe o que a artista disse para o periódico estadunidense. Selena Gomez revelou sobre o futuro da sua carreira na música e atuação, além de comentar sobre política e assuntos pertinentes.

Por em 10 de março de 2021

Selena Gomez estampa a capa da Vogue US para a edição do mês de Abril. Nela, a cantora norte-americana fala sobre sua carreira musical, política, seu futuro na atuação, infância e família. O editorial contendo a entrevista e o ensaio fotográfico pegou todos de surpresos com as marcantes declarações feitas pela artista.

Em ascensão desde o lançamento do seu segundo álbum, Rare, Selena Gomez vem transitando por inúmeros setores, que vão desde o investimento em sua linha de cosméticos Rare Beauty, a gravação do programa de culinária Selena + Chef para a HBO Max e a filmagem da série “Only Murders in the Building“, na qual Selena atua ao lado de Steve Martin e Martin Short. Além disso, a cantora se prepara para lançar o seu EP em espanhol, Revelación.

Tendo em vista o ano agitado em que a artista se encontra, Gomez retrata sua vida e sua jornada artística diante das lentes de Nadine Ijewere e posa para a sessão de fotos direto do quintal de sua casa localizado em Los Angeles. Assim, destacamos aqui os mais importantes tópicos levantados pela empresária, cantora e atriz na entrevista realizada no começo do ano para o periódico.

1. Selena Gomez e sua carreira musical

Selena Gomez posando para Vogue com uma roupa amarela e florida e usando um brinco amarelo
O cabelo preto e na frente de um tecido branco
Foto: Nadine Ijewere
Selena Gomez posando para Vogue US

Trabalhando nesse ramo desde a banda Selena Gomez & the Scene, a voz de “Same Old Love” refletiu sobre sua jornada na arte de fazer música, ressaltando pontos crucias desde o lançamento faixa “Lose You To Love Me” escrita em conjunto com Julia Michaels e Justin Tranter. Afinal, o carro-chefe do segundo álbum de estúdio de Selena alcançou grandes efeitos, não só pelo sucesso, mas também na vida das pessoas que o ouviam e se inspiravam.

Assim que parei, aceitei minha vulnerabilidade e decidi compartilhar minha história com as pessoas – foi quando me senti aliviada”, disse ela. Entretanto, a música single do Rare refletiu para ela como um questionamento sobre seu próprio trabalho. “É difícil continuar fazendo música quando as pessoas não levam você necessariamente a sério”, completa.

Eu tive momentos em que eu fiquei tipo, ‘Qual é o ponto? Por que eu continuo fazendo isso? ‘ ‘Lose You to Love Me’ Eu senti que foi a melhor música que já lancei, e para algumas pessoas ainda não era o suficiente“. Dessa forma, Selena pega os leitores de surpresa ao falar sobre uma possível aposentadoria.

Eu acho que há muitas pessoas que gostam da minha música, e por isso eu sou muito grata, por isso eu continuo, mas acho que da próxima vez que fizer um álbum será diferente. Quero tentar uma última vez antes de talvez me aposentar da música

2. Revelación, o disco em espanhol de Gomez

Selena Gomez fala sobre revelación para vogue. Na foto ela usa um vestido vermelho, está em pé entre duas cadeiras e usa uma grande trança com uma fita vermelha entrelaçada nela
Foto: Divulgação

Quem não lembra de “Fantasma de Amor”, versão espanhola de “Ghost of You” faixa presente no álbum A Year Without Rain, de Selena Gomez & the Scene? Na entrevista a Vogue, a cantora ressaltou sua dedicação para entregar um trabalho totalmente em espanhol ao seu público, de maioria latina, desde quando fez tal promessa. “Muitos dos meus fãs são latinos”, contou Selena, “e há anos venho dizendo a eles que esse álbum iria acontecer”.

Logo, o seu primeiro projeto discográfico em espanhol, produzido por Tainy, estrela por trás de grandes produções como o disco de estreia de Bad Bunny, revela o orgulho por suas raízes mexicanas. “O projeto é realmente uma homenagem à minha herança“, disse a artista. Acerca da voz de Selena, o produtor destacou:

Ela tem um tom tão distinto. Ela pode atingir notas altas se quiser, ela pode explodir em um refrão, mas há essa suavidade. É angelical. Você quer deixar espaço em torno de seu vocal. O que vou dizer é que muitos artistas geram emoção por meio do poder – o que é diferente em Selena é que ela gera emoção por meio da sutileza

O EP Revelación traz setes canções e três colaborações com Rauw Alejandro, Myke Towers e DJ Snake.

Leia também: Por que Selena Gomez vai lançar um álbum em espanhol?

Para a Vogue, Selena Gomez falou sobre sua família paterna latina

Ao lembrar da ida ao show de Shania Twain, onde seu pai foi alvo de xenofobia, Selena disse: “meu pai me agarrou e foi embora. Eu chorei ainda mais. Eu pensei, eu odeio que meu pai se sinta tão esgotado por isso”. A respeito dos seus avós indocumentados nos EUA, Gomez explicou:

Levaram 17 anos para obter a cidadania. Eu me lembro disso ser um grande negócio. Meu avô estava trabalhando na construção, contratando centenas de pessoas, e ainda estavam vivendo no limite, encobrindo o quão assustador era

Na entrevista, endossaram sobre a atuação da cantora como produtora da série Living Undocumented. “Meu objetivo era comunicar que essas pessoas não são ‘alienígenas’; não são quaisquer nomes que outras pessoas lhes tenham dado. Eles são humanos – eles são pessoas“, explicou.

Além desse material, Selena também foi pioneira para que o livro The Undocumented American, da autora Karla Cornejo Villavicencio, fosse popularmente conhecido, principalmente entre seus fãs, quando ela defendeu a obra e trouxe a sua existência para inúmeras entrevistas e redes sociais.

Um momento especial para milhares de jovens Latinx, muitos deles sem documentos e queer. Eles pareciam que ela estava nos protegendo. Eu senti como se ela estivesse nos protegendo também.” Cornejo Villavicencio disse que alguns de seus leitores mais leais agora são Selenators. “E eu os amo ferozmente.

3. A infância da cantora

Selena Gomez para Vogue sentada em uma poltrona e usando um conjunto de cropped e short amarelo e com estampa vermelha e um lenço verde na cabeça. Atrás dela uma piscina
Foto: Nadine Ijewere

Iniciando sua vida profissional no programa Barney & Friends ao lado de Demi Lovato, e após isso, sendo escalada para atuar na série Os Feiticeiros de Waverly Place da Disney Channel, o que acabou elevando sua exposição ainda muito jovem. “De certa forma, esse era o meu trabalho – ser perfeito”, contou ela. “Você é considerado uma figura que as crianças admiram, e eles levam isso a sério.

Bem como a perseguição por parte dos paparazzis sobre ela nos set de filmagem, fazendo seus irmãos na tela, David Henrie e Jake Austin, se sentirem protetores dela, “todos nós éramos novos nisso e eles queriam dizer coisas aos paparazzi, mas você não pode, porque é exatamente o que os paparazzi querem“.

Lembro-me de ir à praia com alguns parentes que estavam visitando, e vimos, de longe, homens adultos com câmeras – tirando fotos de uma garota de 15 anos em seu maiô. Esse é um sentimento de violação.

4. Trabalho paralelo da artista

Pronta para começar um novo passo em sua carreira de atriz, Selena iniciou as gravações da série Only Murdes in the Building em janeiro deste ano na cidade de Nova York. Assim, se junta a ela grandes astros do cinema como Steve Martin que rasgou elogios a ex-disney:

Você recebe uma lista de nomes, sabe, você está pensando, claro, eles seriam bons, eles seriam bons, e então eles dizem: ‘E quanto a Selena Gomez?’ e é apenas – sim, é claro. Não houve nenhuma pergunta, exceto ‘Podemos pegá-la?’ Nós sabíamos que ela iria melhorar o show de muitas maneiras, sendo a número um o talento. 

E continuou a cobrir Selena Gomez de elogios:

Sua atuação é rica e adulta. Ela aprendeu a minimizar quando necessário. Marty e eu somos muito maníacos, e ela é uma base de rocha sólida. Ela é agradável e intensamente discreta. 

Sobre si mesma e suas expectativas na atuação, a atriz falou, “ainda nem toquei na superfície do que quero fazer. Mal posso esperar pelo momento em que um diretor verá que sou capaz de fazer algo que ninguém nunca viu“. A série produzida pela HULU ainda não possui data de estreia, mas as gravações continuam a todo vapor na cidade que nunca dorme.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!