Só um remix? Luísa Sonza transforma música de Katy Perry por inteiro

Produzido por Bruno Martini, o remix de “Cry About It Later” tem uma pegada anos 90 e não decepciona. Confira alguns bastidores da faixa, como surgiu o convite e o que achamos da parceria.

Por em 23 de abril de 2021

Durante esta semana, muito se falou sobre a suposta parceria entre Katy Perry e Luísa Sonza e, finalmente, nesta sexta-feira, 23, ela foi lançada. Produzido por Bruno Martini, o remix de “Cry About It Later” surpreende e tem tudo para ser um sucesso!

A versão original da canção está presente no último álbum de estúdio de Katy, o “Smile”, lançado em agosto do ano passado. O convite para os artistas brasileiros partiu da própria cantora e este é um lançamento para o mercado mundial.

Leia também: Katy Perry com residência em Vegas? Veja outros artistas que já fizeram

À frente da produção, o DJ e compositor Bruno Martini contou um pouco sobre como se sentiu ao saber que faria parte da música:

“Ter essa oportunidade de fazer algo com o ícone que é a Katy Perry, tanto para mim, quanto para a Luísa, é uma oportunidade imensa, até para levantar a bandeira do Brasil, para mostrar que a gente sabe fazer um som legal”, disse.

Luísa Sonza também compartilhou seus sentimentos: “Estou muito orgulhosa e honrada de fazer parte de mais este projeto ao lado do Bruno. Foi – e tem sido – massa demais toda esta troca e construção deste lançamento que, sem dúvidas, será muito lindo.”

“Mais incrível ainda é poder estar ao lado também de uma artista tão talentosa como a Katy, que sempre admirei. Com certeza, será uma experiência única e um grande privilégio estar ao lado deste time tão potente. Vai ser demais”, finalizou a cantora.

O que a música entrega?

Em conversa com jornalistas, Bruno Martini disse ter pensado muito em como a música soaria nos festivais e alegou estar bastante ansioso para a retomada dos shows.

“A original tem uma pegada eletrônica, meio disco. Eu comecei a conversar com a gravadora e, do nada, recebemos esse convite dela. Fizemos uma versão um pouco mais pra cima”, disse.

E continuou: “Quase não é um remix, parece uma música diferente. Ela tem uma pegada completamente diferente da original. ‘Tá’ bem pesadona, estou bem empolgado para tocar ao ao vivo logo.”

A imagem apresenta Luísa Sonza em preto e branco. A cantora usa uma camisa de mangas longas da cor preta. Ela está com as mãos sobre os ombro e está olhando para cima. A imagem destaca a matéria "Só um remix? Luísa Sonza transforma música de Katy Perry por inteiro".
Foto: Reprodução/Instagram

Sobre criar um clímax na música, Bruno faz isso com maestria. Explorando o pop eletrônico, a faixa é bem construída e Luísa está ótima nos vocais. Seus versos, inteiramente em inglês, complementam bem os de Katy Perry.

É algo muito diferente do que a voz de “Braba” está acostumada a fazer. Por se tratar de uma música eletrônica, há uma maior impostação e força, fazendo jus às batidas.

Engana-se quem pensa que Luísa decepciona. A cantora se sai bem em todos os aspectos e tem um ótimo material para ser apresentada ao mercado internacional.

“Ela (Luísa) é uma artista muito talentosa e, vocalmente falando também, ela é uma artista super completa.

Acho que nessa música vocês poderão ver bastante o destaque que ela tem no vocal e tudo que ela fez cantando. Ela realmente deu uma força muito grande à música.”

Bruno Martini sobre Luísa Sonza

Haverá clipe de “Cry About It Later (Remix)”?

Por enquanto, não há nada certo. Questionado sobre isso, Bruno Martini disse que estudava a possibilidade, não não descarta totalmente a ideia. “Pode ser que role, pode ser que não”, disse.

Apesar disso, Martini fez questão de demonstrar sua admiração por Katy Perry. “É muito legal fazer agora esse projeto lindo junto com a Katy, que nos deu essa oportunidade. Estou muito feliz de fazer essa nova versão mais eletrônica, mais pista, mais pra cima”, afirmou.

Além de sua paixão pela voz de “Teenage Dream”, Luísa e Martini são bastante próximos. A cantora e o DJ já trabalharam juntos em outras faixas.

As mais recentes são “Ain’t Worried” e “Twilight”, presente no álbum solo do DJ, chamado “Original”. Lançado em março deste ano, o disco possui Timbaland, que já trabalhou com Rihanna e Beyoncé, dentre os produtores.

Quem é Bruno Martini?

Bruno Martini é DJ, músico e produtor de 28 anos. Muito provavelmente você deve conhecer um de seus grandes hits: “Hear Me Now”, colaboração com o DJ Alok e Zeeba.

Antes de seguir carreira solo no EDM, Martini trabalhou pop teen. Entre os anos de 2010 e 2014, participou da College 11. Além de gravar dois álbuns, a dupla estrelou três temporadas da série “Que talento!”, do Dsiney Channel.

Nesse tempo, eles já abriram para Selena Gomez e Demi Lovato, com direito a “Firework”, de Katy Perry, no repertório. “Um dos nossos sonhos, quando tínhamos 16 ou 17 anos, era fazer uma música com ela. Hoje, 10 anos depois, finalmente consegui”, diz Bruno.

Além dos diversos hits em português e inglês, Martini também é o responsável pelo remix oficial de “911”, da Lady Gaga.


O que você achou da parceria entre Katy Perry e Luísa Sonza? É fã das cantoras? É fã do Bruno Martini? Acompanhe e comente essa e outras notícias pelas nossas redes sociais.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!