Por Isabella Zeminian e Luciana Lino

A cantora Jade Baraldo lançou, hoje (13), seu álbum de estreia, “Mais que os Olhos Podem Ver”. O disco, com 10 faixas autorais, já está disponível nas plataformas de streaming. Em agosto, a artista divulgou o primeiro single do álbum, “Perigo”, cujo clipe saiu recentemente.

Capa de “Mais que os Olhos Podem Ver”. Foto: Jorge Bispo

O Tracklist esteve na listening party do álbum, realizada em agosto. E já adiantamos: para quem gosta de ouvir músicas com uma pegada mais misteriosa e sensual, “Mais que os Olhos Podem Ver” cumpre bem o seu papel, com um indie pop bem gostoso de se ouvir.

Resenha de “Mais que os Olhos Podem Ver”

No evento organizado para a audição do álbum, teve quem dissesse que Jade Baraldo é a versão feminina de Baco Exu do Blues, com uma vibe romântica e misteriosa. A comparação faz sentido.

“Mais que os Olhos Podem Ver” é um disco consistente e muito bem produzido por Damien Seth. As letras, todas escritas por Jade, são extremamente poéticas e sensíveis – cabendo perfeitamente no conceito do álbum, que tem um quê de sensual, de misterioso; até mesmo de “olhos de cigana oblíqua e dissimulada”. Tudo bem, Capitu?

Ainda falando sobre a temática envolvente das 10 faixas, Jade Baraldo trouxe, às suas letras, um clima no estilo “sexy sem ser vulgar”. Temas como sexo e desejo foram retratados de forma mais romantizada. “O álbum fala sobre as fases de um relacionamento, e essa cronologia saiu praticamente sem querer”, disse a artista em nota divulgada à imprensa.

No todo, o álbum mantém o mesmo padrão de melodia, reforçando o ar de mistério e sensualidade que o domina. Há exceções entre uma faixa e outra, como “Yo Quiero”, que traz uma batida brega adaptada ao seu estilo – mais ou menos parecida com Duda Beat.

Aliás, o álbum é um prato cheio de referências. As faixas trazem influências de artistas femininas alternativas, como Lana Del Rey, Halsey e Billie Eilish – inclusive, com uma estética parecida com o disco mais recente da cantora de 17 anos, “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”.

Falando em estética, este é um conceito claramente presente na divulgação de “Mais que os Olhos Podem Ver”. A própria Jade trabalha muito bem as referências visuais em seu trabalho. O clipe de “Perigo”, por exemplo, nos mostra uma fotografia muito bem trabalhada e uma plena execução da sensualidade, já tão falada por aqui. Já esperamos que esse poder estético continue se aliando aos demais vídeos das faixas do álbum.

Ou seja: “Mais que os Olhos Podem Ver” é um álbum que fala de amor, de sexo, até mesmo de vingança – embalados em um quê de jam session e de melancolia. Em uma referência bem direta, é um disco para ouvir quando se está fumando um cigarro na varanda, às 3h da manhã, naqueles momentos mais introspectivos.

Jade Baraldo no Rock in Rio

Jade Baraldo vai se apresentar no Rock in Rio 2019, no dia 29 de setembro (domingo). No palco Supernova, a artista vai apresentar, pela primeira vez, as novas faixas ao vivo.

Além de Jade, o palco receberá artistas como 3030 e Gabriel Elias. Na data, o headliner do evento será a banda Bon Jovi.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.