print de tela clipe golden de harry styles. styles foi um dos indicados ao grammy 2021

Os indicados ao Grammy 2021 realmente mereceram?

Os indicados ao Grammy 2021 finalmente foram revelados! Com a lista divulgada em 24 de novembro, […]

Por em 24 de novembro de 2020

Os indicados ao Grammy 2021 finalmente foram revelados! Com a lista divulgada em 24 de novembro, os artistas coroaram um ano de trabalho em sua maioria remoto, mas cheio de hits.

Entre os destaques da indicação apareceram Taylor Swift e Dua Lipa, com 6 indicações cada; e Beyoncé, com 9 indicações.

Mas sempre surge a pergunta: será que os indicados do Grammy 2021 mereceram estar na lista?

A seguir, apresentamos algumas razões do porquê determinados artistas ou músicas conquistaram “seu lugar de direito”.

Ao fim do post, você também pode acompanhar a lista completa dos principais indicados ao Grammy 2021!

Por que os indicados ao Grammy 2021 mereceram?

Dua Lipa – Future Nostalgia

  • Indicado a: Álbum do ano e Melhor disco de pop vocal

O álbum de Dua Lipa foi, sem dúvida, um dos melhores de 2020. Com uma vibe dançante e grooves que lembram Prince, a cantora entregou um material coeso e cheio de possíveis hits. Tanto que, até agora, foram cinco singles lançados (e o disco tem apenas 11 músicas!).

O álbum tem até um momento de crítica à sociedade, com “Boys Will Be Boys” (“meninos serão meninos, mas meninas serão mulheres”).

Taylor Swift – folklore

  • Indicado a: Álbum do ano e Melhor disco de pop vocal

folklore é como um abraço, um aconchego. Suas melodias são mais folk do que Taylor Swift jamais tentou ser, e suas lyrics surpreendem por sua inteligência afiada.

Em folklore, a cantora criou seu próprio “folclore” e se sentiu mais confortável do que nunca para usar exatamente as palavras que queria. Uma liberdade que ela teve ao pensar que as faixas não deveriam mesmo ir para as rádios pop, por suas melodias folk. Então, por que ela não poderia escrever o que desejava?

Nós agradecemos por isso, pois foi a primeira vez que vimos a versão “Taylor explicit”, com letras inteligentes (que parecem uma coisa, mas dizem na verdade outra), ou mesmo linhas em que pensamos “quem escreve isso?!” (no bom sentido [como em “This is me trying”: Você é um flashback em um rolo de filme / de um cinema na minha cidade]).

Billie Eilish – “everything i wanted”

  • Indicada a: Gravação do ano, Música do ano e Melhor performance solo pop

“everything i wanted” passou 33 semanas no chart da Billboard e foi um sopro do novo caminho que Billie Eilish ia seguir.

Em seu primeiro disco, a cantora falou sobre as inseguranças e dramas adolescentes. Já com esse single e apenas ainda 17 anos, a fama repentina se tornou o tema principal, com um amadurecimento lírico que Billie nem precisava, mas que foi muito bem-vindo.

Harry Styles – “Adore You”

  • Indicado a: Clipe do Ano

“Adore You” pode não ter sido o primeiro single do álbum Fine Line, mas foi o que mostrou a grandeza que o disco teria.

Além da sua melodia e vocais potentes, o single ganhou uma ilha só dele, em um videoclipe cinematográfico e uma narrativa que colocou fãs a caça de easter eggs antes mesmo da divulgação. Uma faixa com tanto movimento merece definitivamente um lugar entre as melhores do ano.

Chloe X Halle – “Do It”

  • Indicada a: Melhor canção R&B

“Do It” é a mistura perfeita de todas as influências de Chloe e Halle e uma transição perfeita delas para o pop e R&B mainstream. A faixa foi a primeira do duo a ocupar o chart Billboard Hot 100, alcançando a posição #83.

Megan Thee Stallion feat. Beyoncé – “Savage Remix”

  • Indicada a: Melhor performance de rap, Melhor música de rap e Gravação do ano

“Savage” já era um hit, mas com o feat. de Beyoncé se tornou bem maior do que qualquer um poderia imaginar. A faixa alcançou o 1º lugar no chart Billboard Hot 100, o primeiro número 1 de Megan Thee Stallion.

Dua Lipa – “Don’t Start Now”

  • Indicada a: Melhor performance solo pop, Gravação do ano e Música do ano

Quem não ouviu “Don’t Start Now” no último ano, provavelmente não está no planeta. Além da sua letra afiada e uma melodia dançante, a faixa chamou a atenção por ser o retorno de Dua Lipa, o primeiro single do álbum Future Nostalgia.

Doja Cat – “Say So”

  • Indicada a: Melhor performance solo pop e Gravação do ano

O segredo está em saber aproveitar o potencial de um hit, e Doja Cat soube fazer isso muito bem. Primeiro, trazendo Nicki Minaj, o que levou a faixa a alcançar o #1 no Billboard Hot 100.

Depois, um videoclipe com uma fotografia que conquistou o público. E ainda novas versões, como a faixa no ritmo de Rock que Doja performou no MTV EMA.

Leia também: Injustiçados do Grammy 2021: quem deveria ter aparecido na lista?

Indicados Grammy 2021: lista completa

Álbum do ano

  • “Chilombo” – Jhené Aiko
  • “Black Pumas” – Black Pumas
  • “Everyday Life” – Coldplay
  • “Djesse Vol. 3″ – Jacob Collier
  • “Women in Music Pt. III” – Haim
  • “Future Nostalgia” – Dua Lipa
  • “Hollywood’s Bleeding” – Post Malone
  • “folklore” – Taylor Swift

Gravação do ano

  • “Black Parade” – Beyoncé
  • “Colors” – Black Pumas
  • “Rockstar” – DaBaby feat. Roddy Ricch
  • “Say So” – Doja Cat
  • “everything i wanted” – Billie Eilish
  • “Don’t Start Now” – Dua Lipa
  • “Circles” – Post Malone
  • “Savage” – Megan Thee Stallion

Clipe do Ano

  • “Brown Skin Girl” – Beyoncé
  • “Life is Good” – Future feat Drake
  • “Lockdown” – Anderson Paak
  • “Adore You” – Harry Styles
  • “Goliath” – Goodkid

Música do ano

  • “Black Parade” – Beyoncé
  • “The Box” – Roddy Ricch
  • “cardigan” – Taylor Swift
  • “Circles” – Post Malone
  • “Don’t Start Now” – Dua Lipa
  • “everything i wanted” – Billie Eilish
  • “I Can’t Breathe” – H.E.R.
  • “If the World Was Ending” – JP Saxe feat. Julia Michaels

Artista revelação

  • Ingrid Andress
  • Phoebe Bridgers
  • Chika
  • Noah Cyrus
  • D Smoke
  • Doja Cat
  • Kaytranada
  • Megan Thee Stallion

Melhor performance de rock

  • Fiona Apple – “Shameika”
  • Phoebe Bridgers – “Kyoto,
  • Haim – “The Steps”
  • Brittany Howard – “Stay High”
  • Grace Potter – “Daylight”
  • Big Thief – “Not”

Melhor música de rock

  • “Kyoto” – Phoebe Bridgers
  • “Not” – Big Thief
  • “Lost in yesterday” – Tame Impala
  • Brittany Howard – “Stay High”
  • Fiona Apple – “Shameika”

Melhor disco de rock

  • “A Hero’s Death” – Fontaines D.C.
  • “Kiwanuka” – Michael Kiwanuka
  • “Daylight” – Grace Potter
  • “Sound & Fury” – Sturgill Simpson
  • “The New Abnormal” – The Strokes

Melhor performance de R&B

  • “Lightning & Thunder” – Jhené Aiko e John Legend
  • “Black Parade” – Beyoncé
  • “All I Need” – Jacob Collier feat. Mahalia and Ty Dolla Sign
  • “Goat Head” – Brittany Howard
  • “See Me” – Emily King

Melhor performance solo pop

  • “Yummy” – Justin Bieber
  • “Say So” – Doja Cat
  • “Everything I Wanted” – Billie Eilish
  • “Don’t Start Now” – Dua Lipa
  • “Watermelon Sugar” – Harry Styles
  • “cardigan” – Taylor Swift

Melhor performance de grupo ou duo pop

  • “Un Dia (One Day)” – J Balvin, Dua Lipa, Bad Bunny and Tainy
  • “Intentions” – Justin Bieber feat. Quavo
  • “Dynamite” – BTS
  • “Rain on Me” – Lady Gaga with Ariana Grande
  • “exile” – Taylor Swift feat. Bon Iver

Melhor disco de pop vocal

  • “Changes” – Justin Bieber
  • “Chromatica” – Lady Gaga
  • “Future Nostalgia” – Dua Lipa
  • “Fine Line” – Harry Styles
  • “folklore” – Taylor Swift

Melhor canção R&B

  • “Better Than I Imagine” – (Robert Glasper feat. H.E.R. and Meshell Ndegeocello)
  • “Black Parade” – Beyoncé
  • “Collide” – Tiana Major9 and Earthgang
  • “Do It” – Chloe X Halle
  • “Slow Down” – Skip Marley and H.E.R.

Melhor performance de rap

  • “Deep Reverence” – Big Sean feat. Nipsey Hussle
  • “Bop” – DaBaby
  • “What’s Poppin” – Jack Harlow
  • “The Bigger Picture” – Lil Baby
  • “Savage” – Megan Thee Stallion feat. Beyoncé
  • “Dior” – Pop Smoke

Melhor música de rap

  • “The Bigger Picture” – Lil Baby
  • “The Box” – Roddy Ricch
  • “Laugh Now, Cry Later” – Drake feat. Lil Durk
  • “Rockstar” – DaBaby feat. Roddy Ricch
  • “Savage” – Megan Thee Stallion feat. Beyoncé

Produtor do ano (não clássico)

  • Jack Antonoff
  • Dan Auerbach
  • Dave Cobb
  • Flying Lotus
  • Andrew Watt

Melhor álbum latino pop ou urbano

  • “YHLQMDLG” – Bad Bunny
  • “Por Primera Vez” – Camilo
  • “Mesa Para Dos” – Kany García
  • “Pausa”- Ricky Martin
  • “3:33″ – Debi Nova

Melhor filme musical

  • “Beastie Boys Story” – Beastie Boys
  • “Black Is King” – Beyoncé
  • “We Are Freestyle Love Supreme” – Freestyle Love Supreme
  • “Linda Ronstadt: The Sound of My Voice” – Linda Ronstadt
  • “That Little Ol’ Band From Texas” – ZZ Top

Trilha sonora original para mídia visual

  • Ad Astra – Max Richter
  • Becoming – Kamasi Washington
  • Coringa – Hildur Guðnadóttir
  • 1917 – Thomas Newman
  • Star Wars: A Ascensão Skywalker – John Williams

Música para mídia visual

  • “Beautiful Ghosts” (Cats) — Andrew Lloyd Webber & Taylor Swift
  • “Carried Me With You” (Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica) — Brandi Carlile, Phil Hanseroth & Tim Hanseroth
  • “Into the Unknown” (Frozen 2) — Kristen Anderson-Lopez & Robert Lopez
  • “No Time to Die” (007 Sem Tempo Para Morrer) — Billie Eilish O’Connell & Finneas Baird O’Connell
  • “Stand Up” (Harriet) – Joshuah Brian Campbell & Cynthia Erivo

Melhor álbum de jazz instrumental

  • On the tender spot of every calloused moment – Ambrose Akinmusire
  • Waiting Game – Terri Lyne Carrington e Social Science
  • Happening: Live at the Village vanguard – Gerald Clayton
  • Trilogy 2 – Chick Corea, Christian McBride & Brian Blade
  • Roudagain – Joshua Redman, Brad Mehldau, Christian McBride & Brian Blade

Melhor álbum latino de jazz

  • “Tradiciones” – Afro-Peruvian Jazz Orchestra
  • “Four Questions” – Arturo O’Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra
  • “City of Dreams” – Chico Pinheiro
  • “Viento y Tiempo – Live At Blue Note Tokyo” – Gonzalo Rubalcaba & Aymée Nuviola
  • “Trane’s Delight” – Poncho Sanchez

Disco de música global

  • “Fu Chronicles” – Antibalas
  • “Twice As Tall” – Burna Boy
  • “Agora” – Bebel Gilberto
  • “Love Letters” – Anoushka Shankar
  • “Amadjar” – Tinariwen

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!