taylor swift em frente a um microfone em estudio cantando no especial do album folklore no disney plus

“folklore” no Disney+: 4 coisas que os fãs erraram sobre o álbum

Quando o folklore saiu, com certeza muita gente pensou que ele daria um ótimo show intimista. […]

Por em 25 de novembro de 2020

Quando o folklore saiu, com certeza muita gente pensou que ele daria um ótimo show intimista. Felizmente, Taylor Swift achou o mesmo, e por isso divulgou o especial folklore: the long pond studio sessions no Disney+.

Lançado em 25 de novembro, o especial traz uma performance ao vivo de cada uma das faixas do disco. Inclusive “The Lakes”, canção bônus do trabalho.

Além das versões ao vivo, Taylor Swift conversou com seus colaboradores, Jack Antonoff e Aaron Dessner. Os três colaboraram à distância durante a pandemia, e foi a primeira vez que se uniram presencialmente para conversar sobre as faixas e performá-las.

Durante o especial de quase 2h, Taylor falou sobre as inspirações das faixas do folklore, o que cada uma significa. Por isso, conseguimos perceber que algumas teorias dos fãs estavam erradas todo esse tempo (o disco foi lançado em julho/2020).

A seguir, listamos as principais coisas que os fãs erraram sobre o folklore. Acompanhe!

Atenção: os pontos abaixo são apontados como “incorretos” com base na inspiração das faixas para Taylor Swift, como ela apresentou no especial no Disney+. Mas não significa que não existam outras interpretações, da própria cantora e dos fãs. Afinal, as músicas estão abertas para identificação, uma das grandes belezas da arte. Não leve o “errado” ao pé da letra; você pode interpretar o folklore como quiser.

O que os fãs erraram sobre o álbum?

1. A temática de “Mirrorball”

  • O que os fãs achavam

Para muitos fãs, “Mirrorball” era uma faixa romântica de Taylor Swift para seu namorado, Joe Alwyn. Trechos como “Ainda estou tentando de tudo para manter você olhando para mim” reforçaram essa percepção. Mas a ideia por trás da música é bem diferente.

  • O que realmente é

Era uma metáfora para celebridades. […] Eles estão lá, e sempre que quebram, isso nos diverte. […] Mas também é uma metáfora sobre ser diferentes versões de si mesmo dependendo de com quem você está. Você é um se está com seus amigos, com pessoas do trabalho, com sua família. É parte da experiência humana, mas também é exaustivo.

Taylor Swift no especial do folklore no Disney+

2. O retorno apaixonado em “This is me trying”

  • O que os fãs achavam

Os fãs pareceram achar que “This is me trying” era sobre um amante voltando à cidade, após ter deixado seu amor de lado tempos atrás e se arrependido.

Vários vídeos fan made, por exemplo, associaram a faixa aos personagens Jess Mariano e Rory Gilmore, da série Gilmore Girls (SPOILER: Jess deixa a cidade enquanto namorava Rory, sem dizer adeus, e volta várias vezes depois tentando corrigir as coisas).

  • O que realmente é

Eu pensei sobre vício e em pessoas que têm uma luta diária com ele. Ninguém reconhece os esforços deles todos os dias, mas todos os dias eles estão lutando contra algo. […] Eu estava pensando sobre quem realmente está perdido na vida e então começa beber, e a cada segundo tenta parar.

Taylor Swift no especial do folklore no Disney+

3. Tristeza de “Hoax”

  • O que os fãs achavam

“Hoax” fala basicamente sobre tristeza, sobre decepção. Alguns fãs acharam que remetia ao fim do relacionamento de Taylor e Joe Alwyn, ou mesmo a uma traição. Só que a temática é bem diferente.

  • O que realmente é

[Eu pensei:] e se nem todos esses sentimentos não forem sobre a mesma pessoa? E se eu estiver escrevendo sobre situações muito diferentes, uma é sobre amor, outra sobre uma coisa de trabalho que dói muito, e outra é sobre um tipo de relação que considero família, mas que dói.

Taylor Swift no especial do folklore no Disney+

4. Noivado/casamento em “The Lakes”

  • O que os fãs achavam

Tudo bem, a teoria do casamento aconteceu antes do lançamento de “The Lakes”, que veio como uma bonus track da versão deluxe do folklore. Mesmo assim, foi algo que movimentou a fã-base da cantora.

  • O que realmente é

No século 19, havia um distrito de poetas, esses artistas que se mudaram para lá. Eles eram meio que importunados por isso e zombavam deles. Poetas como William Wordsworth e John Keats, que passaram muito tempo lá. […] Quando fomos lá, pensei: ‘Cara, eu posso ver isso. Você foge, é considerado excêntrico, mora em uma cabana’.

Taylor Swift no especial do folklore no Disney+

3 coisas que os fãs acertaram sobre o folklore

1. A identidade de William Bowery

Quando folklore foi lançado, os fãs especularam que William Bowery era um pseudônimo para Joe Alwyn, namorado de Taylor. Na época, a cantora não falou sobre o assunto, mas no especial do Disney+, ela confirmou a informação.

Isso significa que Joe Alwyn compôs com Taylor “Exile” e “Betty”. Aliás, segundo a cantora, foi Alwyn que iniciou a composição, sem nenhum propósito. Taylor o ouviu cantando a primeira frase de “Exile”, já com a melodia no piano; e depois o refrão de “Betty”. Então, ela o convidou para comporem juntos.

2. Trilogia “Cardigan”, “Betty” e “August”

Todo mundo já sabia da conexão entre as três faixas do folklore. Mas no especial do Disney+, Taylor contou algumas curiosidades.

Por exemplo: a terceira pessoa no triângulo amoroso não se chama Inez, mas sim Agustine ou Augusta (em referência ao nome da faixa “August”).

Segundo Taylor, Betty e James também ficaram juntos. “’Cardigan’ é a perspectiva de Betty de 20 a 30 anos depois, olhando para trás, para esse amor que era uma coisa tumultuada. Na minha cabeça, acho que Betty e James acabam juntos… mas ele realmente a fez sofrer naquele momento”, disse.

3. Temática de “Mad Woman”

Taylor não cita diretamente seus problemas com Scooter Braun, mas deixou implícito que a “raiva feminina” sobre a qual ela fala em “Mad Woman” remete a esse momento da sua vida, principalmente. Leia sobre o assunto em: Taylor Swift X Big Machine: 3 referências que você perdeu no folklore.

Como assistir ao folklore: the long pond studio sessions no Disney+?

O especial do álbum folklore está disponível apenas no Disney+. Então, para acompanhar o especial the long pond studio sessions, você vai precisar ter uma assinatura do streaming.

Caso ainda não tenha uma conta, mas queira ver a produção, você pode testar o Disney+ DE GRAÇA. O acesso gratuito fica disponível por 7 dias. Clique aqui.

No YouTube, Taylor Swift liberou a performance ao vivo de “Exile”, parceria com Bon Iver. E no Spotify, você pode acompanhar todo o “álbum ao vivo”. Acompanhe a seguir.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!