O fenômeno BTS: 5 vezes em que o grupo fez história

Que o grupo sul-coreano BTS é um sucesso no mundo todo é inegável. Depois quebrar inúmeros […]

Por em 25 de novembro de 2020

Que o grupo sul-coreano BTS é um sucesso no mundo todo é inegável. Depois quebrar inúmeros recordes, na última terça-feira (24) o conjunto musical fez história novamente, ao se tornar o primeiro grupo de K-pop a marcar presença dentre as indicações musicais do Grammy Awards desse ano.

Por Isabela Berrogain e Yan Avelino

O mais novo single da boyband, Dynamite, concorre ao prêmio de melhor performance de grupo ou duo pop junto a outros nomes muito importantes da indústria musical, como Lady Gaga e Ariana Grande, indicadas na mesma categoria por “Rain on Me”.

Foto: Divulgação

“Obrigado a todos que ouviram nossa música e simpatizaram por ela durante os momentos difíceis”, escreveu a banda em seu perfil oficial no Twitter.

Tweet de agradecimento da banda.

Contudo, essa não foi a primeira vez que a banda fez história no mercado da música. Nesse post, listamos cinco outras marcos do grupo.

1. BTS já foi indicado ao Grammy 2019, mas em uma categoria artística

Na 61ª edição da premiação, BTS também estava concorrendo ao prêmio Grammy, porém em uma categoria artística — e não musical, como esse ano. Com ela, o grupo se tornou o primeiro conjunto de K-pop a ser indicado ao Grammy Awards.

“#BTS “Love Yourself: Tear” recebe nomeação ao Grammy 2019 por Melhor Pacote de Gravação”.

O álbum Love Yourself: Tear e seu diretor, HuskyFox, foram indicados a o prêmio de Best Recording Package (Melhor Pacote de Gravação), o qual celebra o visual de todo o álbum. Embora o prêmio seja oficialmente direcionado ao diretor de arte (e não ao grupo musical), a indicação foi uma grande conquista para o grupo.

2. Eles se tornaram o primeiro grupo de K-pop a se apresentar nos Grammy’s

Já na edição seguinte da premiação, o BTS marcou novamente a história do Grammy por ser o primeiro artista sul-coreano a se apresentar no evento.

Os integrantes participaram da performance de Old Town Road do cantor Lil Nas X acompanhado por Billy Ray Cyrus, Diplo e outros convidados.

Performance de Old Town Road feita por Lil Nas X, BTS e convidados no Grammy 2020.

A performance aconteceu depois de RM, integrante do grupo, participar de uma das inúmeras versões do hit que foi até rebatizada como Seoul Town Road.

Versão de Old Town Road com RM.

“Crescendo na Coreia do Sul, sempre sonhamos em estar no palco do Grammy”, disse RM durante a premiação, recebendo muitos aplausos.

Entretanto, os fãs não ficaram tão felizes com a decisão. Apesar do BTS, na época, já contar com inúmeros feitos e recordes, eles não foram indicados a nenhuma categoria da edição de 2020.

A cantora Halsey, que já fez um dueto com o grupo, recorreu ao Twitter para defendê-los:

“Deletando e ignorando toda negatividade. BTS merecia muitas nomeações. Entretanto, não estou surpresa que eles não foram reconhecidos. Os Estados Unidos estão muito atrás de todo o movimento. O momento virá”.

E não é que veio mesmo?

3. A boyband doou US$ 1 milhão para o movimento Black Lives Matter

“Lutamos contra a discriminação racial. Condenamos a violência”, postou o grupo em 4 de junho no Twitter, usando a hashtag #BlackLivesMatter durante os protestos contra a morte de George Floyd e a brutalidade policial nos EUA.

Tweet de BTS sobre o movimento Vidas Negras Importam.

A boyband e sua gravadora Big Hit Entertainment doaram US$ 1 milhão para o movimento Black Lives Matter. Pouco mais de 24 horas depois, fãs do conjunto musical levantaram um valor equivalente e doaram para a mesma causa.

“Sempre queremos fazer o que podemos para tornar o mundo melhor, seja na Coréia ou em qualquer outro lugar, e ir pela melhor direção possível, por meio de nossa música ou caridade”, disse J-Hope, vocalista da banda.

4. BTS foi o primeiro grupo de K-pop a discursar na ONU

A boyband coreana discursou na sede das Nações Unidas, nos EUA, em 2018. A banda falou durante três minutos na 73ª sessão da Assembleia Geral da ONU.

BTS levou a mensagem encorajadora aos jovens sobre acreditar em suas próprias convicções e vozes. O grupo trabalhou anteriormente com a ONU em campanhas de conscientização e arrecadação de fundos.

“Depois de lançar os álbuns Love Yourself e a campanha Love Myself, começamos a ouvir histórias importantes ​​de nossos fãs em todo o mundo, como nossa mensagem os ajudou a superar as dificuldades na vida e começar a amarem a si mesmos. Essas histórias nos lembram constantemente de nossa responsabilidade”, disse Kim, um dos vocalistas do grupo.

Discurso de BTS na ONU.

5. Eles têm vários recordes no Livro do Guinness World Record

Além de todas essas conquistas, o grupo coleciona recordes no Guinness Book. Um dos mais recentes, foi durante a live realizada em junho.

O show virtual teve a maior audiência de live musical paga do mundo e foi vista por 756 mil espectadores simultâneos de 100 países diferentes.

Com o clipe Boy With Luv, dueto com a cantora Halsey, o grupo quebrou três recordes de uma vez só: vídeo mais assistido do Youtube em 24 horas, vídeo musical mais assistido do Youtube em 24 horas e vídeo musical de um grupo de K-pop mais assistido do Youtube em 24 horas.

Foram, no total, 74,6 milhões de visualizações nas primeiras 24 horas do clipe.

Videoclipe de Boy With Luv.

Um ano depois desse recorde, eles fizeram de novo! Com o single Dynamite, eles quebraram os mesmos três recordes.

Videoclipe de Dynamite.

Além disso, a banda detém outros recordes como primeiro grupo de K-pop a ser número 1 nas paradas de álbuns dos Estados Unidos, maior engajamento no Twitter e conta mais rápida a chegar a 1 milhão de seguidores no TikTok (apenas 3 horas e 31 minutos).


Você sabia de todos esses marcos que o BTS já fez? É fã deles? O que achou? Comenta nesse post e com a gente lá nas nossas redes sociais.

Leia também: BTS: confira 6 vezes em que o grupo surpreendeu os fãs


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!