Era 19h do dia 29 de junho de 2016, uma quarta-feira. O motorista do carro onde eu estava, sabendo que meu trajeto final seria o Vivo Rio, casa de espetáculos localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro, perguntou: “Vai ter algum evento por lá na sexta?”. Afirmei positivamente. Ele me disse: “Moro em Niterói, e uma conhecida minha pediu para eu levar suas duas filhas…”. Quando eu estava abrindo a boca prestes a dizer algo, ele complementa: “…às 7h da manhã”. Sorri e falei: “Pode falar para elas que tem gente que está lá agora para este mesmo evento”.

Fãs do Rio de Janeiro

Parte do grupo presente no Vivo Rio.

Na realidade, a parte externa da casa de shows, geralmente vazia – e o pedaço mais iluminado daquele trecho do Aterro do Flamengo – estava mais cheia desde o dia 2 de maio, três dias depois da abertura da venda de ingressos para o show do Fifth Harmony na cidade maravilhosa, e data exata do início de uma temporária segunda casa para alguns fãs.

Quando cheguei ao local, um grupo de aproximadamente 20 jovens acampava por ali. Eram edredons, roupas e mochilas acomodados em um cantinho coberto, embora estivesse na parte externa do Vivo Rio. Mas se engana quem pensa que 20 pessoas já são bastante coisa: são mais de 100 revezando, divididos em dois grupos.

Cafofo dos fãs acampados para o show do @fifthharmony no Rio!

Um vídeo publicado por Portal Tracklist (@portaltracklist) em

Encontrei, para realizar a entrevista, Ana Luíza Novo, 17 anos; Camilla Valente Peres, 22 anos; Daíle Santos, 16 anos; Ester Sabino, 16 anos; Giovana Araújo, 15 anos; Luíza Monteiro, 18 anos; e Tatiane Nascimento, 21 anos – o restante se juntou depois para gravar vídeos e tirar fotos. A maioria dos jovens se conheceu na compra de ingressos, mas uma parte já se conhecia graças ao Fifth Harmony. Todos eles são do Rio de Janeiro, mas, dividindo o espaço com o grupo, também estava um de Manaus (AM), fora outros fãs de São Paulo, Espírito Santo e Pará que já estavam em terras cariocas para a apresentação de sexta-feira, dia 1º de julho. A ansiedade já era nítida: “não acredito que o show já é daqui a pouco!”, disse Ester.

Mas como estava sendo a experiência pré-show? Segundo as meninas, o espírito de equipe é essencial. “A gente vem quando pode, ajuda quando pode. É um revezamento”, disse Luíza, que complementa um fator importante: “Aqui, todo mundo trabalha, todo mundo estuda. Tem gente que nos julga, fala que não fazemos nada, e nos mandam chegar cedo ao ENEM”. E dá um aviso, aos risos: “Eu cheguei duas horas antes ao ENEM!”.

E como fica a questão de pegar a tão esperada grade? Ana Luíza diz que o primeiro grupo que chega tem direito ao local, mas afirma: “Acho que também é por ordem de merecimento. Merece a grade quem ajuda mais, quem traz mais comida pra cá”.

As jovens são fãs do Fifth Harmony desde 2014. Duas delas, Daíle e Giovana, foram no show que o quinteto fez no Z Festival, no mesmo ano. “Conhecia as meninas mais ou menos, e, a partir daí, comecei a ouvi-las mais”, diz Daíle. É o mesmo caso de Giovana: “Eu já gostava delas, mas foi depois do show que virei fã mesmo”. Mas tem quem, antes, torcesse o nariz para Camila Cabello, Lauren Jauregui, Ally Brooke, Dinah Jane e Normani Hamilton. Foi o que aconteceu com a Tatiane: “Eu toco violino e sempre ouvi mais música clássica, então pop não era muito o meu estilo. Eu era hater!”, ri. “Meu irmão e meu melhor amigo tentavam me convencer a gostar delas. Até que, um dia, eu me apaixonei pela Lauren e comecei a pesquisar mais sobre ela e sobre as meninas. Então, foi só amor”.

A cabeça de todo o grupo ali presente estava voltada para a mesma coisa: o show de sexta-feira. As meninas tinham várias expectativas, desde “não querer desmaiar” até pegar a grade e serem notadas. Camilla disse algo bastante importante em tempos de redes sociais: “Quero esquecer o celular. Espero estar sem bateria na hora do show”, sendo complementada pelas jovens, que afirmaram que “fotos e vídeos iam encontrar em qualquer lugar depois” e que “o importante era curtir o momento”. Tatiane pensou, também, no bem estar do quinteto: “Quero mais é que as meninas se divirtam por aqui”. Para tentar controlar (ou não) a ansiedade, o grupo viu, no dia anterior, o show realizado em Porto Alegre (RS) pelo Periscope – e mal podia esperar pela hora de presenciarem o espetáculo de fato.

Se liga na animação dos fãs que acamparam para ver o Fifth Harmony no Rio. Matéria completa em www.tracklist.com.br

Um vídeo publicado por Portal Tracklist (@portaltracklist) em

A polêmica do setlist da turnê “7/27” foi um assunto recorrente nas redes sociais nos últimos dias. A série de shows traz o nome do segundo álbum de estúdio do grupo, lançado em 27 de maio. Entretanto, após a apresentação de abertura no dia 22 de junho, no Peru, fãs reclamaram que o setlist incluía poucas canções novas – apenas três músicas (“Work from home”, “Write on me” e “All in my head”) não faziam parte do repertório antigo do 5H. Mas Ana Luíza não pareceu se importar muito com a situação: “Eu vim aqui por elas. A música, neste caso específico, é um bônus. Se elas estiverem por perto, é o que realmente importa”.

Aproveitei para perguntar qual música, independente de estar ou não no setlist, elas mais gostariam de ouvir no show. “No Way” foi a escolha de Luíza e de Camilla, e “Impossible”, de Giovana e de Ester. Tatiane quer ouvir “Scared Of Happy”, Ana Luíza, “Everlasting Love”, e Daíle, “Gonna Get Better”.

As meninas estão com planos de ir, também, no aeroporto, no hotel, e até mesmo no Projac, estúdio da TV Globo, pois a girlband fará uma participação no programa “Caldeirão do Huck”. Mas falaram, também, que vão se reunir em outros locais do Rio com o objetivo de reunir o grupo, que construiu um forte laço de amizade. “É muito bom estar aqui com todos eles. Você faz muita amizade aqui”, finalizou Ana Luíza, reunida ao grupo que dançava, pulava, cantava e alegrava mais o espaço externo do Vivo Rio. A apresentação do Fifth Harmony deve cumprir as expectativas deste pessoal; mas, de qualquer forma, o pré-evento já fez seu show à parte.

E ainda arrasam na cantoria pré-show! #Dope #fifthharmony

Um vídeo publicado por Portal Tracklist (@portaltracklist) em

>> Confira aqui a matéria completa sobre o show do Fifth Harmony no Rio de janeiro!

Não perca a nossa cobertura! Estamos fazendo a cobertura completa da passagem da girlband pelo Brasil.
Acompanhe pelo Twitter, Facebook e Snapchat (PortalTracklist).

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.