Ally Brooke fala ao Track sobre "500 Veces", colaborações e Brasil

Por: Gustavo Ferreira

Depois de intensivos dias de ensaios para o Premios Juventud, a Ally Brooke conversou exclusivamente com o Tracklist para falar do seu atual single “500 Veces”. A cantora disse, inclusive, que quer passar umas férias no Brasil!

Vem conferir!

Entrevista Ally Brooke

Track: 500 Veces é um pouco diferente de seus singles anteriores. Primeiramente, é uma música em inglês e espanhol ao mesmo tempo, mas também é, definitivamente, sua faixa mais sexy até agora. Como foi mostrar esse seu lado mais confiante em 500 Veces?

Foi incrível! É muito libertador e divertido para mim. O meu objetivo em criar música é espalhar energias positivas, com músicas que façam as pessoas se sentirem bem, sexy e confiantes. Eu amo músicas contagiantes que fazem todos dançar, e 500 Veces é exatamente assim. Nesta faixa, pude trazer tudo isso com o Messiah, também pudemos criar um clipe musical para a faixa. Tenho muito orgulho de 500 Veces, e fico muito feliz que as pessoas estejam gostando da música.

Track: Além de ter lançado um vídeo para 500 Veces, que já é um de seus clipes mais populares, você também lançou vídeos de “por trás das câmeras” dessa produção. Existe alguma curiosidade ou fato engraçado, sobre as gravações desse vídeo, que você ainda não compartilhou com os seus fãs?

Ally: Hmmm… Não contei para os meus fãs sobre meu look branco do clipe! Eles não sabem que a ideia original era que eu vestisse apenas um body branco, mas eu decidi combiná-lo com uma calça, também branca, que tornou esse look tão legal, elegante e, ao mesmo tempo, sexy. Foi muito divertido poder criar um pouco da parte fashion do clipe também.

Colaborações

Track: Além das parcerias que já lançou, você também trabalhou com artistas como Jason Derulo, Mat Kearney e Aleks Syntek, que têm estilos bem diferentes do seu. Qual a melhor parte de poder criar músicas com artistas tão únicos?

Ally: Eu amo poder fazer colaborações com artistas que têm uma vibe similar à minha, mas também com artistas bem diferentes do que eu faço. É uma forma de mesclar nossos dois mundos, criando algo único e divertido para os meus fãs. Eu, também, não sou uma artista com apenas um seguimento, gosto de experimentar e testar vários sons, então sou muito grata por todas as minhas parcerias musicais.

Carreira solo

Track: Você já tem feitos incríveis em sua carreira, mas sabemos que as vezes as coisas mais significantes não são necessariamente as maiores. Quais você considera os momentos mais especiais da sua carreira até agora?

Ally: Fazer a minha primeira turnê solo foi mais do que um sonho! Assim como ganhar meu primeiro Emmy, foi meu primeiro prêmio como cantora solo e já foi um Emmy, sou muito grata e feliz por isso. Mas também sinto um carinho especial por outras coisas, como chegar ao #1 nas rádios Dance dos Estados Unidos, junto ao Afrojack… Há muitos momentos especiais! Só tenho que agradecer a Deus e aos meus fãs por todo o apoio nesta jornada. Meus fãs me fazem muito feliz, e me ajudam a ir atrás de todos os meus sonhos todos os dias, então quero agradecer a todos eles do fundo do meu coração, vocês são tudo pra mim!

A Ally estava, como sempre, muito animada em falar do Brasil e de seus fãs brasileiros!

Jogo: 500 Vezes

Assista ao jogo que fizemos com a participação de fãs de fãs:

Nós teremos mais conteúdos exclusivos da Ally em nosso Twitter, dá uma olhada para não perder nada! (clique aqui para seguir)

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.