Por Allan César e Lucas Ribeiro

Kehlani é uma cantora de R&B que provavelmente você já ouviu falar sobre. Com parcerias que vão de Cardi B à Justin Bieber e com um novo álbum prestes a sair, o Tracklist preparou um material detalhado para você conhecer mais sobre essa cantora que já está aí há um bom tempo.

Onde tudo começou

Kehlani iniciou a carreira artística muito cedo. No início, a cantora queria ser dançarina, mas uma lesão no joelho fez com que ela focasse totalmente no canto. Lani morava com uma tia que influenciou diretamente o seu gosto musical, trazendo o R&B e o Soul para sua vida. Em 2011, aos 14 anos, ela entrou para banda local do seu bairro, a PopLyfe.

Com um grupo, Kehlani chegou ao 4° lugar na sexta temporada do programa America’s Got Talent. Piers Morgan, jurado na época, chegou a comentar que a jovem era muito boa e não precisava do grupo. Pouco tempo após o término do programa, Kehlani deixou o grupo por questões contratuais e depois de quase um ano começou a trabalhar no seu material solo.

Mixtape indicada ao Grammy

You Should Be Here – Capa

Em 2014 ela fez sua estreia solo com a mixtape Cloud 19, mas foi só em 2015 que a virada de chave veio. Intitulada de You Should Be Here, a segunda mixtape da cantora fez com que todos os olhares se voltassem para ela. Com 15 faixas e parcerias que vão de Chance The Rapper à BJ The Chicago Kid, o trabalho foi indicado ao Grammy no ano seguinte na categoria Melhor Álbum Urbano Contemporâneo” ao lado de nomes como Miguel e The Weeknd. Na época a Billboard também apontou o material como melhor álbum R&B do ano.

Composições

Além de demonstrar todo seu talento vocal, Kehlani também é uma ótima compositora. No geral, ela aborda sua vivencias com relacionamentos, saúde mental, amor próprio e as dificuldades que já passou na vida. Suas narrativas têm nuances de momentos confessionais e de desabafos, com momentos mais apaixonados, divertido e sexy. Ela não tem medo de falar o que pensa admitir seus próprios erros e confrontar o que pensam dela. O importante é que Kehlani consegue transmitir o que ela sente e cria uma conexão forte com quem está do outro lado ouvindo. Até em seus momentos mais comerciais e divertidos, facilmente você consegue identificar que aquilo é a Kehlani e faz parte dela, sem tentar se enquadrar em algum padrão da indústria. Tudo soa muito autêntico.

Turnês

Se tem uma coisa que a Kehlani gosta é de turnê. Sempre que possível a cantora sai em viajem com o seu trabalho e ainda assim dá suporte aos amigos. Em 2015, Kehlani abriu os shows da turnê “From The Bay To The Universe Tour” do rapper G-Eazy. Antes de engravidar, em 2018, Lani também abriu alguns shows da “Tell Me You Love Me” da Demi Lovato e protagonizou um momento icônico ao lado de Demi durante a performance da música “Lonely”. Antes da pandemia de Covid- 19, Kehlani também estava programada para abrir alguns shows da Changes Tour do canadense Justin Bieber.

É uma performer completa!

Além da música, Kehlani sempre teve uma paixão pela dança. Por isso, suas apresentações ao vivo sempre são acompanhadas de dançarinas e muita coreografia. Ah, tudo isso com ela soltando o vozeirão ao vivo. Haja fôlego!

Faz Parte da Comunidade LGBTQI+

Em 2018, em seu aniversário de 23 anos, Kehlani resolveu contar para os fãs no Twitter que se identificava como uma mulher Queer. Isso deixou muita gente feliz, por ser algo muito representativo e por ser mais um artista envolvido nas causas da comunidade LGBTQI+.

Clipes

Você pode falar o que quiser da Kehlani, menos que ela possui vídeos ruins. Desde o início da carreira, a cantora entrega clipes incríveis e com coreografias e histórias que não te fazem tirar o olho de lá.

Colaborações com outros artistas

Você provavelmente já ouviu a voz da Kehlani por aí, mesmo não conhecendo exatamente quem ela é. Após ganhar visibilidade com a segunda mixtape, Kehlani começou a colaborar com vários artistas. Uma de suas mais populares parcerias é a música “The Way”, com Chance The Rapper. No entanto, foi a sua colaboração em “wRoNg” no álbum “Mind Of Mine”, do ex-one direction Zayn, que ela chegou no mainstream.

Depois disso, Kehlani colaborou com artistas dos mais diversos gêneros musicais. Entre os mais populares na Billboard Hot 100 temos ‘Ring’ com a rapper Cardi B na posição #28; ‘Done For Me’ com Charlie Puth, em #53; e ‘Good Life’ com G-Eazy, em #59. Outros artistas que ela também colaborou foram: Khalid, Calvin Harris, Hayley Kiyoko, Post Malone, Ty Dolla $ign, Little Simz, Justin Bieber, Zedd e Megan Thee Stallion.

Envolvimento em trilhas sonoras

Durante a sua carreira Kehlani já se participou da trilha sonora de alguns filmes e foi graças a um deles que ela teve seu nome reconhecido mundialmente. “Gangsta”, faixa 5 do Suicide Squad (Original Motion Picture Score) foi um verdadeiro sucesso. A música garantiu a melhor posição solo da cantora na Billboard, atingido a peak #41, além de se tornar o videoclipe mais visto dela no youtube. No ano seguinte, Kehlani também emprestou seus vocais para a faixa “Good Life” da franquia Velozes e Furiosos.

Inspirações na música

Influenciada por sua tia, com quem cresceu durante sua infância e adolescência, Kehlani começou a apreciar a cultura do Hip-Hop e se tornou fã de R&B e Soul. Segundo a cantora, Lauryn Hill, Eryka Badu e Mariah Carey são consideradas suas maiores influências na música.

Ouvindo seus trabalhos é fácil identificar essas inspirações. No ‘SweetSexySavage’ (2017), o R&B se encontra com o pop e um pouco de eletrônica. Em ‘While We Wait’ (2019), temos momentos um pouco mais Soul, e algumas influências do Trap, mas sem perder essa essência R&B que converge em todos os seus trabalhos.

Novo álbum

Capa do It Was Good Until It Wasn’t, novo disco da Kehlani

Nessa sexta-feira, 8, Kehlani lança o seu segundo álbum de estúdio, o It Was Good Until It Wasn’tFoi bom até não ser em tradução literal, o disco terá 15 faixas e trará parcerias com nomes já conhecidos do R&B como Jhené Aiko e Tory Lanez. É esperado que o material traga temas pessoais da vida da cantora, como a maternidade, relacionamentos,  perdas, entre outras coisas.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.