Procurando novos artistas nacionais para adicionar em sua playlist? Então vem conhecer um pouco mais o trabalho do artista paraense, Reiner. O cantor e produtor musical, lançou nessa sexta-feira (24), o videoclipe de “Fica Mais Um Pouquinho”. O trabalho visual dirigido por Sady Manescal, gravado em Macapá, representa uma sensível jornada de autoconhecimento e solidão, que casa muito bem com o atual momento de isolamento que vivemos.

As imagens gravadas em 2019 refletem muito sobre a constante busca de se encontrar pessoalmente, em sua própria comunidade e no cenário musical. “Essa coisa da solidão vem também do fato de me ver como uma pessoa parda que sempre esteve rodeada de pessoas brancas, mas nunca fui considerado um deles, sabe? Sempre joguei de um lado que nunca me favoreceu em nada… perceber isso é muito doloroso e me faz questionar todo o meu caminho até aqui”, comentou Reiner sobre o processo de composição da música.

Agora em 2020, a canção e as imagens que refletem a solidão, referenciando até a música “Pain”, do eterno 2Pac, ganharam outro significado ao artista, e ressoa diretamente com o momento ímpar que estamos enfrentando: o isolamento social. “Apesar de estar rodeado da minha família aqui em casa, os meus conflitos tem ressoado mais na minha cabeça, visto que o isolamento social é uma montanha-russa. Existem dias que eu estou super produtivo e outros que não consigo fazer nada. Acho que o clipe expressa exatamente esse sentimento de solidão e de reflexão pelo qual eu to passando agora, refletindo o novo significado que a música vem tendo pra mim também”, complementou o cantor.

Reiner, de 24 anos, é cantor, compositor e produtor musical independente, natural de Belém. Tem como referências Tim Maia, Cartola e Jorge Ben Jor, e em seu repertório gosta de experimentar com produções eletrônicas, autointitulando o seu som como uma mistura de lo-fi e psicodelia. “Filho da Nuvem”, de 2016, foi o seu primeiro EP lançado, iniciando oficialmente a sua vida musical. Mais tarde em 2018, “In The Sun” chegou às ruas, como o primeiro disco completo da carreira. “Fica Mais Um Pouquinho”, de 2019, faz parte da trilogia de seu projeto “singles vermelhos”. A estratégia foi lançar todo dia 13 músicas com estética vermelha e que conversassem sobre temas similares, como dependência emocional e a busca da liberdade.

O projeto contou com a presença de artistas conterrâneos, como em “Vício”, parceria com Sammliz, e Por Acaso Sob o Sol, com Arthur Nogueira. A identidade visual é de PV Dias, as fotografias foram feitas por Isabella Dias e o áudio foi co-produzido com Diego Fadul e Mateus Estrela. Reiner acredita que esse novo projeto representou um novo passo em sua carreira. “Fiz parcerias com grandes artistas da minha cidade e também foi a primeira vez que senti que um trabalho me representou de alguma forma em todos os quesitos, desde a fotografia até as capas dos trabalhos”, concluiu o artista.

Conheça um pouco mais o repertório e as influências de Reiner na playlist abaixo:

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.