bridgerton netflix

Ouça 6 versões de músicas pop em “Bridgerton”, série da Netflix

Na última sexta-feira (25), a Netflix lançou uma nova série em parceria com a produtora Shondaland, […]

Por em 28 de dezembro de 2020

Na última sexta-feira (25), a Netflix lançou uma nova série em parceria com a produtora Shondaland, “Bridgerton”. Para quem passou o Natal assistindo a série, percebeu que ela até pode se passar em uma época muito remota, com trajes exagerados, salões luxuosos e diálogos arcaicos, mas sua trilha sonora é muito mais moderno do que parece.

Leia também: As melhores trilhas sonoras de filmes lançados em 2020

bridgerton netflix
Foto: Divulgação

Baseado nos best-sellers de Julia Quinn, “The Bridgertons”, a série acompanha a alta sociedade londrina do século XIX, focando em Daphne, a filha mais velha da família Bridgerton.

Daphne é inteligente e refinada, mas tem problemas em atrair pretendentes por conta da proteção do irmão mais velho, Anthony. Ao mesmo tempo, chega à cidade o duque de Hastings, Simon, que não quer saber de compromisso.

Eis que a partir de um ódio, surge uma real atração entre os dois. Além disso, há uma mistura de fofoca e intrigas em toda a série, devido à Lady Whistledown.

Contudo, uma coisa chamou a atenção dos fãs: as músicas tocadas nos bailes. O sentimento de conhecê-las, mas não conseguir nomeá-las aconteceu com muitas pessoas.

https://twitter.com/justamarysue/status/1342529368686473217?s=20

Intercalando canções orquestrais tradicionais do século 19, há sucessos atuais que se misturam muito bem em cada cena e pode ser difícil reconhecê-los.

De Taylor Swift a Billie Eilish, aqui estão as músicas tocadas em Bridgerton. NÃO há spoilers da série abaixo.

“Thank U, Next”, Ariana Grande

“Girls Like You”, Maroon 5

“In My Blood”, Shawn Mendes

“Bad Guy”, Billie Eilish

“Strange”, Celeste

“Wildest Dreams”, Taylor Swift


Ainda que a ideia de usar canções pop para ambientar uma série que se passa em 1813 pareça uma escolha estranha, a supervisora musical, Alexandra Patsavas explicou que ela queria que o público pudesse entender os sentimentos íntimos dos personagens com facilidade.

“Eu mergulhei fundo nos covers orquestrais e tínhamos muitas versões lindas para escolher e tentamos muitas no editorial”, disse ela em entrevista ao Entertainment Today. “Os covers que selecionamos foram os melhores para apoiar o drama e a narrativa.”

Toda a trilha sonora de “Bridgerton” foi gravada mediante todos os protocolos de segurança COVID-19, com músicos gravando de seus próprios estúdios caseiros.

“Estou muito grato por não apenas ter feito parte deste show incrível, mas também por fazer música como essa com todos os nossos músicos gravando remotamente”, disse Kris Bowers, compositor da trilha sonora.

“Eu não poderia ter feito isso sem minha equipe e os músicos incríveis que colocaram uma quantidade enorme de coração e emoção nesta trilha, tudo de seus estúdios caseiros”, concluiu.

Você já assistiu “Bridgerton” na Netflix? Reconheceu todas essas músicas? Comenta com a gente nas redes sociais.



Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!