No último sábado (21), o palco da AABB recebeu um dos maiores festivais alternativos da cena: Festival Rock sem Fronteiras. A ideia do evento promovido pela Rockin Hood era trazer bandas que são tendência em outros pedaços do Brasil e misturar com grandes bandas da cena brasiliense.

O artista escolhido para abrir o evento foi Kelton, cantor de folk que tem se mostrado uma grande revelação na capital. Seu ar indie e intimista começou bem a noite, nos presenteando com músicas que a maioria ainda não conhecia.

Em seguida era a vez da Hover, banda do Rio de Janeiro que estava lançando o álbum “Never Trust The Weather”. Os cariocas que compõem em inglês surpreenderam o público brasiliense com uma performance altamente madura e pesada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Logo depois, Brasília teve a honra de receber (pela segunda vez) os cariocas da Medulla. A banda encabeçada pelos gêmeos Keops e Raony era uma das mais aguardadas da noite e mandou um setlist repleto de hits que o público tinha na ponta da língua. Com um show absurdamente intimista e –quiçá- espiritualizado, a banda dos gêmeos trouxe uma energia surreal ao ambiente e fez todo o público ir a loucura.  Em fase de finalização do CD, os rapazes não escondem a ansiedade de soltar o novo trabalho na rua.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por fim, a já aclamada e sempre muito esperada pelos fãs, Dona Cislene composta por Bruno Alpino – Voz e Guitarra, Gui de Bem – Guitarra, Pedro Piauí – Baixo, Paulo Sampaio – Bateria; subiu ao palco e fechou com chave de ouro essa segunda edição.

A terceira edição do evento acontece dia 18/06, e trará Bullet Bane, Hellbenders, Trampa e Etno. Para acompanhar as próximas edições, clique aqui.


Fotos: Nilson Pereira

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.