6 de abril de 2019 por Redação Tracklist.

Uma das principais vantagens do Lollapalooza Brasil é que a gente “descobre” artistas novos. Afinal, sempre existem as atrações que não são tão “populares”, conhecidas do grande público. Mas, quem disse que elas não podem ser incríveis?

O DIA 1 de Lollapalooza 2019 (05/04) provou exatamente isso: que, mesmo longe do mainstream, o Brasil (e o mundo!) tem muitos artistas sensacionais. A seguir, você pode acompanhar o que o Tracklist achou de cada um dos shows.

Você também pode acompanhar as nossas coberturas (EM TEMPO REAL) no Twitter e Instagram.

E que tal saber tudo sobre os shows que rolaram no primeiro dia de Lollapalooza 2019?

Continue acompanhando o site — estamos preparando vários conteúdos especiais sobre o festival.

LOLLAPALOOZA 2019 – DIA 1

PALCO BUDWEISER

BRVNKS

Foto: Fernando Yokota

Em um projeto inovador, a cantora Bruna Guimarães, a BRVNKS, e sua banda, levaram para o primeiro dia do Lollapalooza toda a magia do universo indie/alternativo brasileiro.

Antes de subir ao palco, BRVNKS contou para o Portal Tracklist sobre o nervosismo para a apresentação. “Me apresentar pela primeira vez no Lolla é muito louco, porque eu venho aqui desde o primeiro festival e vi os melhores shows da minha vida aqui. É uma oportunidade muito grande! A gente está muito feliz e agradecido. Esperamos que todo mundo, até que não nos conhece, goste”.

BRVNKS misturou canções de seu EP, Lanches, com algumas músicas inéditas. Um dos destaques no show foi a apresentação do single “Yas Queen”, que irá compor o álbum “Morri de Raiva”, primeiro na carreira da cantora.

Super emocionada, BRVNKS chorou durante a apresentação de “Fred”, música feita em homenagem a o melhor amigo da jovem, morto em 2016. “Ele estaria muito feliz em ouvir uma música dedicada a ele no Lollapalooza”, comentou a cantora, enxugando as lágrimas.

SCALENE

Foto: Denis Ono/ Rolling Stone

Talvez poucos se lembrem da primeira apresentação da Scalene no Lollapalooza Brasil, lá em 2015. Mas, quem foi, já sabia que era uma banda em potencial. E agora, em 2019, com muito mais bagagem e experiência, o grupo provou exatamente isso quando pisou no palco Budweiser, principal do Lolla deste ano.

A banda brasileira entregou um show digno de Lollapalooza. Enérgico, honesto e polvoroso, o grupo levou o público que estava no autódromo de Interlagos a euforia!

Com uma plateia insana e virada nos mosh pits, o show deu espaço para essa galera curtir um bom som e uma setlist bem dividida entre os três álbuns da banda: “Real/Surreal”, “Éter” e último lançado, “magnetite”.

Como se não bastasse uma apresentação agitada, iniciada pelo hit “Danse Macabre”, o que de fato chamou a atenção do público foi a exposição de políticos que rolou nos telões durante o show. Ainda mais quando o grupo tocou a música “distopia”, do álbum magnetite: momento em que a plateia aproveitou a letra pesada e crítica, contra os “homens de terno, podres por dentro e a Bíblia na mão” para puxar um coro em alto e bom som contra o atual Presidente da República: “Ei, Bolsonaro, vai tomar no **!”.

Mas o show não parou por aí. A banda também apresentou algumas de suas músicas mais tranquilas, como “Surreal” e “Entrelaços”. Além disso, os integrantes aproveitaram o intervalo para agradecer a oportunidade de estarem novamente no festival. Eles também reforçaram a qualidade das bandas nacionais, fechando o show com a música “Legado”.

A Scalene surgiu em 2009, em Brasília. O grupo já tocou em grandes festivais, como o Lollapalooza (Brasil), Rock in Rio (Brasil) e até no exterior, no SXSW (EUA) e o Indie Week (Canadá).

PALCO ONIX

AUTORAMAS

Foto: Mila Maluhy/ Rolling Stone

Agitando os primeiros momentos do palco Onix no Lolla 2019, o Autoramas fez um show envolvente e mostrou mais uma vez o porquê é considerada uma das bandas mais influentes no universo do Rock independente.

Com mais de 20 anos de estrada, o quarteto formado por Gabriel Thomaz, Érika Martins, Fabio Lima e Jairo Fajersztajn apresentou uma setlist que incluía alguns de seus maiores sucessos, como “Fale Mal de Mim”, “Você Sabe” e “Abstrai”.

Prestes a seguir em turnê pela Europa, o Autoramas não esqueceu de adicionar canções de seu último álbum de estúdio, Libido, que mostra toda a essência de uma clássica banda de punk rock com aura adolescente.

PALCO ADIDAS

MOLHO NEGRO

Foto: Mila Maluhy/ Omelete

Com suas canções sarcásticas e estilo irreverente, o trio paranaense Molho Negro abriu as apresentações do palco Adidas do Lollapalooza 2019. Formado e liderado por João Lemos, eles mostraram toda a essência do punk rock nacional, em um show cheio de surpresas.

Iniciando com o single “Novo Rosto”, Molho Negro não só provou que tem um fandom fiel – que se aglomerou pertinho da grade para não perder nenhum segundo do show –, como também conquistou o coração de várias pessoas que chegaram logo nos primeiros momentos do festival.

A setlist seguiu com alguns dos maiores sucessos do trio, como “Black Rebel Marambaia Club”, “Gente Chata”, “Souza Cruz” e “Fã do Nirvana”. Além delas, Molho Negro aproveitou a oportunidade para estrear “Contracheque”, seu mais novo single.

Durante “Ruy Barbosa”, o vocalista desceu para a plateia e comandou um mosh pit gigante, que se estendeu durante toda a música. Para finalizar o show, “Shangri-la”, com seus versos afiados e ritmo envolvente.

PERRY’S BY DORITOS

Na edição de 2019 do Lollapalooza, os amantes da música eletrônica foram contemplados com um espaço muito melhor estruturado, que era facilmente visto graças aos gigantes telões de led do palco Perry. O que não ficou para trás, foi a lineup deste primeiro dia, com destaque para Tiësto, KSHMR e ZHU.

O DJ holandês Tiësto, que encerrou no palco com atraso, fez uma apresentação com todos os efeitos visuais e pirotecnia possíveis. No set, rolou uma versão de “Radioactive”, do Imagine Dragons, além de “Boom”, “Crazy”, “Grapevine” e “Red Lights”.

Outro grande nome do meio eletrônico, KSHMR, também era um dos artistas mais esperados pelos fãs, e tocou antes de Tiësto. Conhecido por ter explodido com o hit “Like a G6”, o norte-americano explorou tudo que o palco tinha a oferecer, com projeções e até fogos de artifícios.

O palco eletrônico do Lollapalooza 2019 também teve apresentações de Elekfantz, Dashdot, Bruno Be, Loud Luxury e FISHER.

E aí, o que achou do primeiro dia de Lollapalooza Brasil 2019? Não se esqueça de acompanhar as nossas coberturas (EM TEMPO REAL) no Twitter e Instagram.

Com a colaboração de Manuela Sant’Ana, Larissa Rhouse e Bruna Liu.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.