6 de outubro de 2019 por Rodrigo Neves.

Por: Luciana Lino e Rodrigo Neves.
Provavelmente no show mais importante de sua carreira, Anitta estreou o Palco Mundo do Rock in Rio 2019 neste sábado (5). Para quem não foi presença na edição de 2017 (com direito à polêmica na época), a cantora compensou a falta no ano retrasado com um show recheado de hits antigos, mas também de músicas lançadas após este período.

Pontualmente às 18h, a apresentação começou ao som de uma releitura do clássico “Rap da Felicidade”, de Cidinho e Doca, relembrando as origens do funk e a trajetória da carreira da artista. O cenário, revelado anteriormente, foi o paredão da Furacão 2000. Mas somente a introdução fez referência à história deste estilo musical, além das próprias músicas da cantora.

Diferentemente do usual dos seus shows, ao invés de terminar com “Show das Poderosas”, o hit de 2013 abriu a apresentação. Em seguida, “Bang”, “Paradinha” e “Sua Cara” completaram a sequência – inclusive, com a voz ecoada de Pabllo Vittar.

Depois desses hits, muitos vieram depois na carreira de Anitta. A maioria com parcerias importantes na música nacional e internacional. No Rock in Rio, porém, Anitta se perdeu justamente por tentar incluir todas as músicas, mesmo que por alguns segundos. Lembra da Rihanna em 2015 no mesmo palco? Foi quase isso. Os interlúdios traziam trechos muito pequenos – que faziam a plateia comemorar por uns instantes, mas logo eram cortados. Além disso, foi difícil rebolar no meio da galera de tão cheio que o show estava.

Os feats… sem feats

A carreira de Anitta é composta por diversos feats, nacionais e internacionais. Muitos deles, obviamente, estavam presentes no setlist. O que chamou a atenção é que marcaram presença hits com algumas supostas tretas da cantora. Claro, o show (literalmente) tem que continuar – mas a falta de parcerias no palco criou burburinhos e especulações por parte do público.

A presença ou ausência de parcerias não depende só da cantora. As respectivas produções do festival e dos outros artistas envolvidos também entram no jogo, e existem muitos detalhes que não são visíveis ao público. Porém, é de se questionar a ausência mais sentida do show – a cantora Ludmilla, com quem Anitta divide os vocais da faixa “Onda Diferente”. E há um grande detalhe nisso tudo: Ludmilla cantou mais cedo no festival, no Palco Sunset, no show com a Funk Orquestra.

Pausa no show para relembrarmos que, recentemente, Anitta e Ludmilla se envolveram em uma polêmica quando Ludmilla comemorou o fato de Ivete Sangalo ter cantado “Onda Diferente” no show no Rock in Rio do último domingo (29) – e disse que estava emocionada por Ivete ter cantado sua composição. Fãs de Anitta se revoltaram contra a cantora, e foi necessário que a própria Anitta se retratasse no Twitter.

Voltando ao show deste sábado, além da ausência de Ludmilla no Palco Mundo, também chamou atenção outro fato: o rapper Snoop Dogg, que participa da faixa, teve sua imagem retratada no telão na hora da sua participação. O mesmo não aconteceu com Ludmila, o que acendeu ainda mais os boatos de mais uma polêmica envolvendo as artistas.

Celebração da conquista

Outro ponto a se considerar no show de Anitta foi a nítida realização que a artista realizou. Prova disso foi em seu discurso, em que a cantora disse que queria agradecer à ela mesma. “Hoje eu queria muito agradecer a mim, porque eu não desisti”, exaltou Anitta, que, mesmo com clamor do público, não foi convidada para participar da edição de 2017. E aproveitou para fazer a clássica pergunta retórica, desta vez, personalizada: “Vocês acharam que eu não ia rebolar a bunda no Rock in Rio?”, antes de começar o “Movimento da Sanfoninha”. 

Voa, Anitta!

Em resumo, Anitta fez um bom show no Rock in Rio. Passou por todos os estilos musicais já trabalhados em sua carreira, entregou ao público um ótimo cenário, figurinos diferentes e coreografias pra ninguém botar defeito. A falta de alguns hits completos e parcerias no palco foi sentida, mas o mais importante para Anitta nesse momento é o espaço que ganhou no Rock in Rio e a celebração de todas as conquistas até agora.

Foto: Rock in Rio/Divulgação

Ela apresentou uma estrutura digna de uma diva pop internacional – e que ainda tem um longo caminho, inclusive para fazer performances ainda melhores. Dito isto, o que temos a dizer é: Voa, Anitta!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.