9 de fevereiro de 2020 por Larissa Rhouse Santos Silva.

Luísa Sonza foi, no último sábado (08), uma das convidas do programa Altas Horas, da Rede Globo. No palco, a cantora apresentou os hits “Boa Menina” e “Garupa”, que prometem ser grandes hits no Carnaval 2020.

“Boa Menina”

“Garupa”

Leia também: Entrevista: Luísa Sonza fala sobre o “Pandora”, ano de 2019 e o que vem por aí

Luísa Sonza fala sobre Relacionamento, Carnaval e Religião

Luísa Sonza fará sua grande estreia da Sapucaí durante o desfile da Grande Rio. A cantora, que será musa da escola de samba, usou seu momento de fala no programa para dar uma verdadeira aula sobre respeito.

Após um comentário sobre religiões afrodescendentes feito pela última ganhadora do Big Brother Brasil, Paula Sperling, Luísa Sonza defendeu o assunto que, por sinal, é tema do enredo de sua escola na Avenida.

“O preconceito com as religiões é algo que não deveria existir no Brasil, porque como você [Paula] disse, o País é muito diversificado. Uma das primeiras coisas que todo mundo deveria aprender é respeitar a todo mundo da mesma forma”, disse a cantora.

Além disso, a estrela comentou sobre como se incomodava em ser reconhecida apenas como a “esposa de Whindersson Nunes:

“Hoje em dia, não sofro isso na pele mais. Na época, era uma coisa que me incomodava, mas foi um dos principais motivos a me motivar a trabalhar muito, crescer no meu meio, com os meus fãs. Sempre tento pensar que males vem para o bem (…) Canto desde os sete anos, tenho uma história na música. Não lido mais com essa situação”, revelou.

Por fim, vale lembrar que, além de desfilar na Grande Rio, Luísa Sonza tem outros compromissos durante o Carnaval! “Vai ser muito legal. Será minha primeira vez desfilando e também vou fazer show, muito show, vou dobrar shows. Vou cantar com a Claudinha, vai ter meu bloco junto com Mateus Carrilho e com a Aretuza, aqui em São Paulo, dia 16 (…) esse carnaval vai ser incrível”.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.