15 de agosto de 2018 por karen Costa.

Quando você lê o nome Soccer Mommy, provavelmente pensa em uma banda. Essa, no entanto, não é a realidade: Soccer Mommy foi o nome artístico escolhido por Sophie Allison, uma cantora “descoberta” na cidade de Nashville (Tennessee, Estados Unidos).

Allison nasceu na Suíça e, apesar de ter crescido na cena country de Nashville, passou bem longe do estilo musical clássico da cidade. A artista faz um indie rock íntimo e um pouco “cru”, iniciado como algo completamente despretensioso. Confira 5 coisas para conhecer a Soccer Mommy!

1. Alisson começou a escrever cedo

Aos cinco anos de idade, Sophie Allison ganhou um violão dos pais. Assim que aprendeu os primeiros acordes, então, ela escreveu sua primeira música: “O que diabos é um vaqueiro?”. Desde então, suas faixas sempre fazem perguntas, como observou a revista The Fader. “Na faixa ‘The Last Girl’, por exemplo, ela questiona ‘Por que você ainda gostaria de estar comigo? / Ela tem tudo que você precisa!’”.

2. Sua carreira começou “por acaso”

Em 2015, Soccer Mommy abandonou Nashville e foi cursar música em Nova York. Não exatamente porque aspirava uma enorme carreira musical, mas porque sabia que este meio era algo que realmente amava. Nessa mesma época, ela escreveu e produziu algumas faixas, publicando-as no Bandcamp.

O Bandcamp é uma plataforma online em que artistas independentes podem divulgar e vender sua música. Algo como o SoundCloud, mas mais independente. “Eu não gostava muito do Soundcloud porque era tão baseado em trilhas. Mesmo se você está apenas começando, [o Bandcamp] parece legal e profissional. Parece que você está fazendo o upload de álbuns reais em vez de demonstrações”, contou em entrevista.

Apesar de não esperar tanto das faixas, foram elas que lhe renderam um contrato com a gravadora Fat Possum Records em 2017. Logo a cantora abandonou a faculdade e iniciou suas turnês.

3. Estreia mostrou potencial

Assim que assinou um contrato, Sophie Allison começou a trabalhar em seu primeiro álbum de estúdio: “Clean”, divulgado em 2018. Suas avaliações foram bastante positivas na mídia: o NME deu 4/5 estrelas ao disco, assim como o Allmusic. Já o Paste classificou-o com nota 8.3/10, enquanto o Pitchfork determinou uma pontuação de 8.4/10. No Metacritic, o álbum tem nota 78/100.

4. Taylor Swift é uma inspiração para a Soccer Mommy

Pode parecer estranho, mas o tipo de composição de Taylor Swift é uma grande influência para Sophie. Por isso, aliás, o modo íntimo como a suíça conta suas histórias é frequentemente comparado ao da americana dona de hits como “Bad Blood”. A característica é o que aumenta o reconhecimento do público com suas faixas. Além de Swift, Alisson tem como influências artistas de variados estilos: Mitski, Avril Lavigne, Jeff Buckley, The Smiths e The Strokes.

5. Sophie explora o amor perdido

Ouvir o álbum “Clean” é algo fluído, especialmente porque é fácil se identificar com as letras. Em “Still Clean”, por exemplo, Soccer Mommy fala sobre o romantizar de um relacionamento, e a decepção de perceber a realidade. Enquanto isso, “Last Girl” aborda as inseguranças de estar com alguém, mas não acreditar que você é o suficiente. A paixão e o crescimento são temas recorrentes, e a narração de uma história detalhada é o ponto forte do disco de estreia da cantora.

Corra para ouvir as faixas da Soccer Mommy e conte para a gente o que achou!

Leia também: 5 coisas para conhecer: PVRIS

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.