18 de julho de 2018 por karen Costa.

Uma banda com atração pelo paranormal, letras e melodias intensas. Essa é a PVRIS, (lê-se “Péuris”, Paris em inglês). Formada pela vocalista Lynn Gunn, o guitarrista Alex Babinski e o baixista Brian Macdonald, o grupo americano é de Massachusetts, e despontou em 2013.

Segundo Gunn, ela e seus outros “dois mosqueteiros” apenas se juntaram para “escrever músicas muito legais”. Seu primeiro álbum foi “White Noise”, quase uma experimentação de rock com camadas eletrônicas. Já o “All We Know Of Heaven, All We Need Of Hell”, de 2016, tem sonoridade mais precisa, explorando especialmente sentimentos como a depressão ou a tristeza.

Se você ficou curioso sobre a banda, este texto é para você. Afinal, aqui listamos 5 coisas para conhecer a PVRIS. Acompanhe!

1. Sua sonoridade é variada

Quando nasceu, a PVRIS era uma mistura de post-hardcore, powerpop e rock alternativo. Essa mistura devia-se principalmente aos vários elementos eletrônicos em cada música. Assim, mesmo que os tons fossem pesados, eles ganhavam certa “alegria” das batidas de um DJ.

Em seu segundo disco, porém, o grupo resolveu se fixar no pop. O que não significa, no entanto, que deixou as guitarras de lado. Hoje, eles se classificam como rock alternativo, aliando elementos do synthpop, electropop e pop.

2. Teve o primeiro álbum aclamado

O disco “White Noise” foi lançado 2014, e bastante elogiado pela crítica. Ele alcançou, por exemplo, a 6ª colocação nos charts de rock alternativo nos Estados Unidos. Conseguiu também chegar à 88ª posição de discos mais vendidos no país, num período em que o “1989”, de Taylor Swift, “Songs Of Innocence”, do U2, e “X”, de Ed Sheeran, dominavam as paradas.

3. O Paramore foi uma inspiração

É comum que bandas de vocal feminino tenham algo a dizer sobre o Paramore. Afinal, o grupo é um grande sucesso desde 2004, e tem como líder a vocalista Hayley Williams.

Não é diferente com a PVRIS. Segundo Lynn Gunn, foi assistindo a um show do Paramore que ela percebeu que gostaria de fazer o mesmo. Em uma entrevista, a cantora disse: “Eles estavam abrindo para o Jimmy Eat World, quando eu era adolescente. Quando você vê alguém comum assim [Hayley Williams] e pensa ‘Poderia ser eu, ela é como eu.‘ Ela era jovem, mas subiu lá e arrasou. Pensei que também poderia fazer isso se eu quisesse”.

Resultado de imagem para paramore pvris

A vocalista do Paramore, Hayley Williams, e Lynn Gunn.

4. Já fez turnês com grandes nomes

Apesar do seu relativamente curto tempo de existência – só 4 anos – o grupo já tocou com uma série de bandas importantes do cenário atual. De maio a setembro de 2017, por exemplo, eles dividiram uma turnê com o Muse e o 30 Seconds To Mars, pelos EUA. Logo no início da carreira, também subiram ao palco com o Skylit Drive e a Wolves at the Gate.

5. Primeiro vocal feminino da Rise Records

Tradicionalmente, a Rise Records é uma gravadora de metalcore americana que lança bandas masculinas. Ela era a responsável pela Sleeping With Sirens, e hoje agência nomes como a Dance Gavin Dance e a Emarosa. A PVRIS, no entanto, quebrou completamente a homogeneidade masculina dos vocais: em 2014, se tornou a primeira banda com uma artista feminina à frente do show.

Corra para ouvir as faixas da PVRIS!

Leia também: 5 coisas para conhecer: Pham

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.