4 de junho de 2017 por Lucas Almeida.

O nono álbum de estúdio de Shakira, chamado “El Dorado”, foi lançado no último dia 26. Em produção desde 2016, o projeto reúne as (diversas) colaborações que a colombiana lançou nos últimos anos, mas também inclui canções inéditas. Majoritariamente em espanhol, Shakira não ficou de fora da explosão do mercado fonográfico latino.

Analisamos o lançamento faixa a faixa:

Me Enamoré

Uma boa escolha para primeira música do álbum, “Me Enamoré” dá o ritmo do restante do projeto, apresentando uma Shakira apaixonada, decidida, mas sem deixar de lado os jogos de sedução. A canção também abre espaço para os ritmos latinos que veremos pelo decorrer do álbum, em especial o reggaeton.

Nada

Continuando o tema romântico, “Nada” traz uma produção com elementos clássicos de uma canção de Shakira, como ingredientes do pop-rock, com destaque para a bateria bem marcada no forte refrão da canção.

Chantaje (feat. Maluma)

Com mais de um bilhão de visualizações no YouTube, a música já se tornou um hit, e retoma o já citado reggaeton. Com participação de Maluma, figura carimbada nas parcerias latinas, Chantaje é um puro jogo de sedução em pouco mais de três minutos.

When a Woman

Primeira canção em inglês do álbum, “When a Woman” tem, entre o time de compositores, nomes novos no cenário, como Julia Michaels, cantora de Issues. A música preserva um pouco dos elementos latinos que predominam o álbum, mas flerta com uma produção mais pop, provavelmente mirando na divulgação do álbum no mercado norte-americano.

Amarillo

Uma declaração de amor através das cores, a sinestesia de Amarillo é uma música mid-tempo com uma produção leve e que traduz uma vibe “feel good”. Entre o instrumental, o destaque fica para guitarra suave que acompanha a gravação.

Perro Fiel (feat. Nicky Jam)

Mais uma colaboração. Em “Perro Fiel”, Shakira divide os vocais com Nicky Jam, em um reggaeton mais suave. A canção dá um pausa no tom confiante e trata sobre a vulnerabilidade no medo de se entregar nos versos de Shakira, e na total entrega, nos versos de Nicky Jam que se torna um “cachorrinho fiel” para a amada.

Trap (feat. Maluma)

Outra parceria com Maluma – mas esqueça completamente de “Chantaje”. Em “Trap”, a produção lenta dá o ritmo da composição sexy da letra. Apesar do tema sensual, o medo da entrega apresentado em Perro Fiel é retomado, e Shakira canta sobre querer alguém mas estar cansada de desilusões.

Comme Moi (com Black M)

Segunda música com vocais em inglês, “Comme Moi”, apesar de já ter sido lançada há algum tempo, é uma grata surpresa no álbum e traz também os versos em francês de Black M. A canção, carregada de sentimento, aborda duas visões sobre um fim de relacionamento –  a parte de quem termina e a de quem não queria que tudo chegasse ao fim.

Coconut Tree

Minimalista, a música em inglês traz de volta a Shakira apaixonada, acompanhada por um instrumental simples, que casa com os vocais calmos e suaves da colombiana. A canção, apesar de boa, não traz muitas surpresas e desacelera a evolução do álbum.

La Bicicleta (com Carlos Vives)

O maior triunfo de “La Bicicleta” é a simplicidade temática, que fica marcada até mesmo no clipe da música. Lançada ainda em maio de 2016, a canção surge como uma ode à “latinidade”, marcando uma identidade caribenha e citando localidades da Colômbia. “Quiero que recorramos juntos esa zona / desde Santa Marta hasta La Arenosa”, canta Shakira.

Deja Vu (com Prince Royce)

Também já conhecida pelos fãs, “Deja Vu” talvez seja a música mais “latina” musicalmente de todo o projeto, e traz um clima de telenovela para o final do álbum, com elementos marcantes da música hispânica, como os fortes vocais no refrão, o violão e um quê de bachata.

What We Said (feat. MAGIC!)

Versão completamente em inglês de “Comme Moi”, “What We Said” não traz nada diferente de sua versão original além da participação de Nasri Atweh, vocalista da banda canadense MAGIC!. A falta de novos elementos na música reverbera no álbum e torna a canção totalmente descartável.

Toneladas

Irmã mais nova de “La Pared”, “Toneladas” é uma balada voz e piano com um tom intimista. Cantando mais uma vez o amor, Shakira fecha o álbum de uma maneira muito simples e bonita. Emprestando os versos da canção, Shakira é como “un querubín que vuela y vuela y vuela / cantando canciones de amor“.

Escute o álbum completo:

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.