plastic hearts Miley Cyrus performances

Miley Cyrus assinou com a Columbia: por que isso é tão importante?

Miley Cyrus anunciou na última quinta-feira que está se preparando para uma nova era assinada com a Columbia Records.

Por em 5 de março de 2021

Miley Cyrus anunciou na última quinta-feira que deixou sua antiga gravadora RCA Records, e assinou com a Columbia Records.

Assim como a RCA, a nova gravadora da cantora também pertence ao selo Sony Music. Na Columbia estão presentes grandes nomes da música como Beyoncé, Adele e Harry Styles.

Miley começou sua carreira na Hollywood Records, a gravadora que assinava com os artistas da Disney na época. O primeiro trabalho dela lançado com a RCA foi o icônico Bangerz.

No total, foram sete anos e quatro álbuns com a antiga gravadora, sendo o último deles o Plastic Hearts, lançado em novembro de 2020. Agora, a cantora se prepara para uma nova era.

No Twitter, Miley publicou uma foto comemorando o novo contrato.

miley cyrus columbia
Foto: Reprodução/Twitter

Por que a mudança de Miley Cyrus para a Columbia é importante?

O momento é de muita felicidade para os fãs de Miley, que há algum tempo esperavam a troca de gravadora.

https://twitter.com/uaiiluciano/status/1367516277724561410

A RCA é conhecida por não trabalhar o suficiente pelos seus artistas. Mesmo com potencial de crescimento, se o resultado imediato não é tão positivo quanto o esperado, os investimentos caem.

A era Plastic Hearts, a mais recente da artista, apesar de ter potencial para crescer ainda mais, sofreu com o boicote da gravadora. Um dos principais prejuízos enfrentados pela cantora com o disco foi a falta de vendas físicas.

A data escolhida para o lançamento de Plastic Hearts não foi das melhores. O disco foi lançado na sexta-feira de Black Friday, data em que os grandes varejistas não estocam CDs físicos, o que influencia diretamente no desempenho do álbum, principalmente na primeira semana.

Porém, Miley não sabia dessa informação e não foi avisada pela gravadora. Quando se deparou com a chateação dos fãs, ela publicou um pronunciamento se desculpando e explicando a situação.

Outra dificuldade enfrentada durante a era mais recente foi a falta de divulgação nas rádios americanas. A reprodução nas rádios é de grande importância para o desempenho das músicas e do álbum em importantes charts, como Billboard Hot 100 e 200.

Mesmo assim, Plastic Hearts estreou em segundo lugar na Billboard Hot 200, o principal chart de álbuns. Agora, Miley não deve trabalhar mais nenhum single do disco para focar em sua primeira era com a Columbia Records.

https://twitter.com/neighbourhoe/status/1367532760764723203

A contratação

Segundo informações da Billboard, foi necessário algum tempo de conversa e ajustes para que o contrato fosse assinado e Miley tivesse um ótimo acordo.

A revista conta ainda que, Ron Perry, CEO da Columbia Records, viajou diversas vezes para Los Angeles nos últimos meses para que o acordo fosse fechado.

Leia também: “Plastic Hearts”: 3 performances de Miley Cyrus que ainda queremos ver

Em 2020, a Columbia foi considerada a quarta melhor gravadora pela Billboard. Somando o talento e estabilidade de Miley Cyrus com o trabalho da gravadora, a mudança pode representar um novo capítulo com muito sucesso e reconhecimento para a cantora.

Como está sua expectativa para os próximos trabalhos de Miley? Conta pro Track no Twitter!


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!