4 de março de 2020 por Rodrigo Neves.

Pela quinta vez no Brasil, o Maroon 5 finalmente estreou em Brasília. Na noite desta terça-feira (6), a banda se apresentou no Estádio Mané Garrincha para cerca de 35 mil pessoas. Como já era previsto, eles levaram ao público brasiliense a formula que a gente já conhece: um show com os maiores hits da carreira com o plus de todo o charme e talento de Adam Levine.

Com alguns minutos de atraso, o grupo subiu ao palco após o aquecimento feito pelas atrações de abertura: banda Melim e Dj Mrmailbox. “This Love”, sucesso do primeiro álbum “Songs About Jane”(2002), fez os fãs pularem e dançarem, como seria pelo restante da apresentação. Seguiram, então, com “What Lovers Do”, “Makes Me Wonder” e “Payphone”.

Presença

O vocalista Adam Levine, como não poderia ser diferente, se entregou aos brasileiros – já declarando no início do show o quanto ama o país e como estava feliz por estar ali. Enquanto explora todo o palco para interagir com a plateia, o cantor toca guitarra em algumas músicas – chegando a usar uma guitarra da Hello Kitty – e mostra seu talento praticamente brincando de fazer high notes.

Quem também teve momentos de destaque foi o guitarrista James Valentine. Ele soube explorar bem o palco, e trouxe alguns solos pontuais e muito bem executados, como nas músicas “Animals” e “Daylight”.

Apesar da grande presença, foram poucos os momentos de diálogo com os fãs. A banda vai direto ao ponto e prende o seu público com os maiores singles. Dá até para afirmar que é quase o setlist inteiro formado por hits.

Chuva de hits

Faixas como “Moves Like Jagger”, “Sunday Morning” e “Sugar” fizeram os fãs relembrarem a trajetória do grupo, das rádios, passando pela TV e chegando até as plataformas de streaming. Dessa forma, o Maroon 5 prova o sucesso que tem desde o início dos anos 2000 e que se sustenta até hoje, tendo ainda forte presença nas principais paradas de sucessos do mundo.

“Memories”, último grande feito deles que chegou a ocupar a segunda posição da Billboard Hot 100, é a canção que abre a última parte da apresentação. “Won’t Go Home Without You”, “She Will Be Loved” – dedicada às mulheres – e “Girls Like You” fecham o show com um grande coro da plateia e uma certa calmaria.

Setlist
This love
What lovers do
Makes me wonder
Payphone
Wait
Maps
Moves like Jagger
Lucky strike
Sunday morning
Harder to breathe
Cold
Don’t wanna know
One more night
Animals
Daylight
Sugar
Memories
Won’t go home withou you
She will be loved
Girls like you

Fórmula Maroon 5

Quem esperava um grande espetáculo, acabou não encontrando nada de mais. A estrutura de palco é simples, o repertório e a execução dele não contam com nenhuma surpresa. Mas quem só queria dançar e cantar – ou ao menos cantarolar – todas as músicas, com certeza saiu satisfeito da arena.

E o Maroon 5 não precisa de muito mais que isso para atrair multidões. É assim que funciona pra eles e dessa forma eles conseguem se manter muito bem nos holofotes.

Após passar por São Paulo e Brasília, a turnê brasileira do Maroon 5 segue para Recife (5/03) e Rio de Janeiro (7/03).

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.