in , ,

Jão incendeia Lollapalooza e pede que fãs tirem o título de eleitor

Em um show lotado, ele lembrou aos presentes que apenas uma pequena parcela dos jovens entre 16 e 18 anos tiraram o título de eleitor

Jão Lollapalooza
Créditos: Isabella Zeminian

O público do segundo dia de apresentações do Lollapalooza Brasil 2022 se rendeu à energia de Jão, que entregou uma performance memorável no Palco Ônix, neste sábado (26). Em entrevista ele já havia declarado que participar do festival era um sonho e fez questão de relembrar de suas origens.

“Eu nasci no interior de São Paulo e quando eu me mudei pra cá, o Lolla era o lugar mais legal que eu podia estar. Não era nem pra cantar, era só vir, e eu não sonhava nem cantar. Mas eu não ia porque não tinha grana. Até que tem 2017, eu vim pela primeira vez, e assisti o The Weeknd neste mesmo palco. Até tentei assistir daqui (de frente ao palco), falei para a segurança que eu era da Malhação, que eu tinha que assistir daqui, e ela não deixou. Ela fez um ótimo trabalho de me impedir (risos). Mas aquele dia nasceu um sonho de cantar no Lollapalooza”, lembrou.

Jão abriu o show cantando a música “Santo” e levou o público a sair do chão com o hit “Vou Morrer Sozinho”, um dos pontos mais altos de seu show no festival. Uma multidão assistiu Jão, que aparentemente teve um dos shows nacionais mais cheios desta edição.

Leia Mais: Terno Rei estreia no Lollapalooza e fala sobre novo álbum

Leia Mais: Lollapalooza: show de Silva tem vibe relaxante e participação de Criolo

A apresentação calorosa foi finaliza com a música “Idiota”, um dos maiores sucessos do cantor. Com direito a descer do palco, ele subiu nas grades que o separavam do público para terminar a apresentação cantando junto com os presentes, sem esconder o êxtase pelo show.

Jão pediu para os fãs tirarem o título durante apresentação no Lollapalooza

Assim como em todas as apresentações do Lollapalooza, o coro de “Fora Bolsonaro” da multidão também se fez presente na apresentação de Jão. O cantor, inclusive, apontou que esse era o “Maior HIT desse festival”, declarou.

Em outro ponto da apresentação, no entanto, ele chamou atenção para o fato de que de nada adianta se manifestar em um show, se nas urnas o mesmo não acontece. Com isso, ele entrou na lista de artistas que estão fazendo campanha para que os adolescentes tirem o título de eleitor.

“Esse ano nós batemos recordes de ausência de titulo de eleitor. Por favor, não adianta estar aqui no show e não votar. Vai votar, p*rra”, falou o cantor em meio a apresentação ao lembrar que uma grande parcela dos adolescente entre 16 e 18, boa parte de seu público, ainda não tirou o título eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0