20 de dezembro de 2014 por Marcelo de Assis.

Harrison

O Grammy divulgou a lista de grandes homenageados para a edição de 2015!

Merecidamente, George Harrison, Bee Gees e Buddy Holly serão agraciados.

O prêmio Lifetime Achievement reconhece a inestimável contribuição que seus homenageados concederam a indústria da música e as artes ao longo de suas carreiras.

Wayne Shorter, Flaco Jimenez e o grupo The Louvin Brothers também estão na privilegiada lista.

Em um comunicado oficial, o presidente da Academia de Artes e Gravação, Neil Portnow disse que o legado destes artistas nunca será esquecido e que continuará a ser celebrado para as gerações vindouras”.

George Harrison, célebre e saudoso guitarrista dos Beatles, morreu em 2001 em decorrência de um câncer e foi um dos maiores músicos do século XX. Sua contribuição com os Fab Four e em sua bem sucedida carreira-solo vão muito além de suas canções, que viraram verdadeiras obras-prima do rock como Here Comes The Sun, Something, While My Guitar Gently Weeps, entre tantas outras.

Pense que, se você assistiu a primeira gravação em vídeo do Band Aid em 1984, o Live Aid e o USA For Africa em 1985, além do Live8 em 2008, certamente os méritos pertencem, com louvor, a Harrison e seu amigo, o já falecido Ravi Shankar (por sinal, pai da cantora Norah Jones): eles idealizaram o primeiro concerto humanitário na história da música, o Concert For Bangladesh no dia 1° de agosto de 1971 para 40 mil pessoas no Madison Square Garden em Nova York e se tornou uma grande inspiração para os eventos acima citados.

Buddy Holly, um dos precursores do Rock´n´Roll morreu em um acidente aéreo em 3 de fevereiro de 1959. Extremamente criativo e inovador, Holly influenciou grandes músicos que viriam a fazer sucesso nos anos 60 como os Beatles, Rolling Stones, Elvis Costello e Bob Dylan. Suas canções são administradas pela MPL Communications de propriedade de Paul McCartney.

Os Bee Gees, um dos maiores grupos da história da música pop, formado na Austrália em 1958 conquistou imenso  sucesso na era Disco nos anos 70. Venderam mais de 220 milhões de discos em todo o mundo e conquistaram inúmeros prêmios como o Grammy, o American Music Awards, o BRIT Awards e o World Music Awards.

As vozes de Barry Gibb, Maurice Gibb e Robin Gibb eram inconfundíveis. Mas as mortes de Maurice em 2003 e Robin em 2012 encerraram um ciclo de grandes sucessos como Stayin´Alive, Massachusetts, Words, I Started A Joke, You Win Again, How Deep Is Your Love e For Whom the Bell Tolls, que perdurou por quase cinco décadas.

 

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.