ENTREVISTA: Carly Rose fala de X Factor, Broadway e EP | Tracklist
3 de setembro de 2020 por Redação Tracklist.

Por Gustavo Ferreira

A cantora Carly Rose, dona de uma das audições mais inesquecíveis da franquia The X Factor, conversou exclusivamente com o Track para falar de sua carreira. Carly comentou como é passar por um reality show, sua carreira em musicais e seus fãs brasileiros. Vem conferir!

TRACK: Seu single TwentyOne parece ser sua música mais pessoal, até agora. Por quê você a escolheu para ser um single, e qual é a história por trás da letra?
Carly: Escrevi essa música dois dias depois que Juice WRLD faleceu, eu sempre fui uma grande fã dele. Ele ficou famoso muito rápido e faleceu quando tinha apenas 21 anos. Senti uma conexão muito forte com ele, temos várias similaridades. Só pareceu algo certo a fazer (escrever a música), queria muito poder falar sobre este assunto – de perder pessoas muito talentosas tão cedo. Espero que todos continuem lembrando dos artistas que se foram cedo, que continuem ouvindo suas músicas. Essa foi a inspiração para criar TwentyOne.

TRACK: Todos os seus singles apresentam um ponto de vista bem jovem e descolado de relações e da vida, em geral. Como você escolhe um tópico para escrever sobre?
Carly: Eu tenho várias ideias e sempre estou sempre anotando coisas no meu telefone, mesmo que seja apenas um título, e acabo escolhendo algumas para trabalhar mais e desenvolver a letra. As vezes, preciso estar bem triste para conseguir. Para compor, você pode fazer exercícios, tentar escolher assuntos, mas, para mim, escrevo muito de acordo com como estou me sentindo naquele momento.

TRACK: Muitas pessoas te conhecem da TV, cantando músicas que não eram suas. Agora, 8 anos depois, que referência você daria a essas pessoas sobre a música da Carly Rose?
Carly: Eu sou uma grande fã de rock alternativo… Eu amo Artic Monkeys, The Strokes, Alabama Shakes, Amy Winehouse, Queen Of The Stone Age… várias bandas nesse estilo. Quando o X Factor acabou, fiz muitas sessões com produtores pop incríveis, o que me deu muita noção de música pop. Hoje, faço uma mistura das influências que vêm das bandas que amo, com toda essa experiência de anos em sessões de estúdio com produtores e compositores do mundo pop.

TRACK: Com a quarentena, muitos músicos vêm fazendo shows online, e você não ficou fora dessa! Podemos esperar mais shows e livestreams proximamente?
Carly: Claro! Está definitivamente em meus planos, principalmente pois meu EP vai ser lançado no dia 9 de Setembro, então planejo fazer algo como um show virtual!

TRACK: Você tem músicas antigas incríveis, que acabaram não sendo lançadas, como Aliens, Weekend e Fighters. Essa músicas têm chances de fazer parte da setlist de um show? Elas soam um pouco diferente de como você soa agora…
Carly: É verdade. Eu teria de regravar essas músicas, pois estou soando como uma adolescente de 14 anos nelas (risos). Eu penso e gosto de estar envolvida com minhas músicas antigas, pois tenho muitas músicas, afinal comecei a participar de sessões em estúdio quando tinha 14 anos, e hoje já tenho 21, então são anos de gravações… Quero muito voltar a cantar algumas delas, mas sobre essas três mencionadas, eu não tenho tanta certeza, elas soam muito diferente do que sou agora, tudo pode ser regravado e mudado, mas não sei ao certo.

TRACK: Sobre o The X Factor… você tem uma das audições mais incríveis e populares do programa. Quando percebeu que seu vídeo estava sendo tão compartilhado?
Carly: Acho que não tenho uma resposta para essa pergunta. Foi algo gradual, eu notei que as visualizações eram muito altas, mas não sei o momento exato. Acho que comecei a perceber que estava sendo vista por muita gente quando passei na TV, pois milhares de pessoas fazem audições mas pouquíssimas são exibidas na televisão.

TRACK: Qual é a coisa mais difícil em participar de um show de talentos?
Carly: É muita pressão. Há muitas pessoas ao seu redor lhe falando o que fazer, especialmente quando tive essa experiência aos 13 anos. Sabe, as pessoas te pedem para fazer tal coisa e você não vai negar, pois você está tão grato de estar ali… Só ao longo do tempo e ganhando experiência que você vai falando suas ideias e desejos, e você é ouvido. Mas é difícil.

TRACK: Qual a sua performance favorita no programa?
Carly
: Eu gosto muito de As Long As You Love Me. Foi bem divertido.

TRACK: Estar num programa de TV tão grande foi sua maior exposição, mas não foi a primeira. Você já fez alguns musicais na Broadway, e, inclusive, uma turnê com um musical. Como foi essa experiência? Quais são suas melhores lembranças dessa época?
Carly: Uma coisa que tenho uma memória muito especial, é simplesmente da comunidade de pessoas que conheci na Broadway. Eu ainda tenho contato com muitos deles. Uma delas é uma amiga próxima até hoje, e, curiosamente, sua mãe é minha professora de canto, que é uma grande atriz da Broadway, então são muita relações especiais, lembranças com carinho e experiências surreais. Fazer parte daquele meio foi incrível.

TRACK: Seus fãs brasileiros têm esperado um show por aqui há um tempo! Você tem alguma mensagem para eles?
Carly: Eu amo vocês demais! Vocês não têm noção. Prometo que, assim que eu puder, eu irei para o Brasil para conhecer todos vocês! Eu mal posso esperar para conhecer o Brasil, e meu irmão também (risos), talvez tenha de ser uma viagem de irmãos. Obrigado por todo apoio!

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.