JoJo canta sobre experiências dos últimos anos e nova perspectiva de futuro | Tracklist

Quase quatro anos após o lançamento do seu último álbum, “Mad Love”(2016), a cantora JoJo retorna ao cenário musical com um novo trabalho. Intitulado “good to know“, o álbum já possui 2 singles promocionais e uma turnê programada pela Europa e América do Norte. Em entrevista para a Billboard, JoJo falou que o novo disco é mais voltado para o R&B/Soul e que o pano de fundo foram experiências e aprendizados dos últimos anos em que se pegou refletindo sobre a carreira e vida pessoal. É o primeiro álbum de JoJo lançado por sua própria gravadora, a Clover Music, em conjunto com a Warner Records. Vejamos logo abaixo o que ela preparou para nós.

fabio (@binhocaralho) | Twitter
capa do álbum “good to now”. Foto: divulgação

1- So Bad

abrindo álbum com uma relação às escondidas entre JoJo e um carinha aparentemente comprometido, onde ela relata sobre as coisas inadequadas que ele gosta, a faixa traz uma sonoridade R&B/Urban inspiradas na década de 2000, quando o gênero tinha grande força nas rádios e do qual JoJo sempre foi fã. A canção traz uma crescente interessante iniciando com piano e seguindo para um refrão chiclete e com batidas contagiantes.

2- Pedialyte

a segunda faixa do disco traz JoJo contando sobre os dois lados da vida agitada e festeira, de aproveitar dia após dia como se fosse o último mesmo que no dia seguinte a ressaca moral venha com tudo. A faixa traz uma produção ainda voltada pro gênero R&B/Urban e provavelmente vai cair fácil no gosto dos fãs.

3- Gold

Com um ar sexy e ritmizada pelo baixo ao fundo, “Gold” começa a aumentar a temperatura e JoJo nos transporta para um cenário intimista sobre amor e sexo de uma forma sutil enquanto explora vocais suaves, incorporando o Soul e deixando um pouco de lado as batidas.

4- Man

Primeiro single promocional do álbum, a faixa chega com os dois pés na porta trazendo um R&B mesclado ao pop radiofônico e fresco cantado pelas divas pop da atualidade. Na faixa, JoJo deixa bem claro que o cara que estiver com ela deve dar conta do recado e amá-la tanto quanto ela mesma.

5- Small Things

Embarcando numa faixa acústica acompanhada só de violão, JoJo canta sobre tentar superar uma decepção amorosa e esconder sentimentos, quando na verdade tudo parece lhe fazer lembrar da pessoa que ela tenta esquecer. Nesta faixa, o brilho de seus vocais é mais perceptível, explorando agudos e falsetes nesta triste linda canção.

6- Lonely Hearts

O segundo single promocional do disco traz JoJo novamente em uma faixa permeada pelo R&B/Soul acompanhada por um violão e trazendo uma letra confessional sobre o medo de se relacionar novamente. A faixa também é um grande destaque pois mostra o poderoso vocal de JoJo variando entre a região média e aguda.

7- Think About You

Na sétima faixa do disco, JoJo confessa não conseguir se desprender emocionalmente de uma relação por mais turbulenta que ela tenha sido. Voltando com o piano e leves batidas durante o refrão, a música não apresenta uma crescente comparada as outras faixas, o que não é ruim. A produção é limpa e sem exageros, fazendo-a cair facilmente no gosto de quem escuta.

8- Comeback (Feat. Tory Lanez and 30 Roc)

Um pouco mais agitada e com influências hip-hop, a faixa é semelhante a anterior, porém trata-se do lado físico. JoJo diz não conseguir se desvincular fisicamente de seu ex pelo fato de terem uma boa química sexual. Forte candidata a single, sua sonoridade é bastante similar ao trabalho de artistas do momento.

9- Don’t Talk Me Down

Encerrando o álbum, a faixa é um R&B poderoso e orgânico, acompanhada de piano e instrumentos de cordas ao fundo e JoJo encarando um término de forma madura e tentando aceitar que não há mais jeito de consertar. Novamente os vocais de JoJo crescem e ela explora diversas regiões de sua extensão.

CONCLUSÃO

Good to Know” é como um diário de JoJo sobre acontecimentos, mágoas e tristezas que ela decide expor e seguir em frente. A sonoridade do disco é saborosa e classuda, mostrando o quanto a cantora está antenada no que as rádios estão tocando. Por ser um álbum curto, melhor ainda. Cai fácil no gosto popular e com certeza é um disco que não passará despercebido, apesar de pouco pretensioso, comercialmente falando.

NOTA: 8.9/10

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.