23 de abril de 2019 por Manuela Sant'Ana.

Você deve imaginar que senhas fáceis de serem adivinhadas e hackeadas são uma simples sequência de números, data de nascimento, o primeiro nome ou até sobrenomes. Porém, quando sua banda favorita é um conjunto perfeito de letras e caracteres numéricos, fica difícil resistir à tentação de manter seu código de segurança como apenas “blink182”.

Pois é isso mesmo: em uma análise detalhada do Centro Nacional de Segurança Cibernética do Reino Unido (NCSC), divulgada publicamente na última segunda-feira (22/04), uma das senhas mais comuns de ser hackeada é o nome da banda americana.

Por que blink-182?

Pode ser exatamente por cumprir os requisitos de uma senha “boa”, ou apenas fãs querendo algo de fácil memorização. O problema é que, com essa pesquisa, muitas pessoas serão obrigadas a trocarem seus códigos de segurança por algo mais difícil. Inclusive, o site Spin até sugeriu trocar por “ALLTHEsmallTHINGS” ou “Whatsmyageagain23” – respeitando, rigorosamente, maiúsculas, minúsculas e caracteres numéricos!

Senhas para todos os gostos

Não foi só o blink-182 que apareceu na enorme lista. Senhas com nomes de outras bandas e cantores também são mais fáceis de se hackear do que se imagina, como “slipknot”, “metallica”, “nirvana”, “50cent” e “eminem”. O que dá a entender é que, quanto mais famoso é o grupo ou artista, mais as pessoas utilizarão a nomenclatura para proteger suas contas online.

As mais óbvias

Claro que a senha mais utilizada é, realmente, “123456”, aparecendo no topo da lista. Além dela, existem também as mais comuns como “123456789”, “qwerty”, “password”, “111111”, e “12345678”. Outras, são simplesmente “iloveyou” ou “fuckyou”. Primeiros nomes, como “Debora”, “Daniel” e “Jessica” também aparecem, assim como outros códigos mais carregados de referências, tipo “Naruto”, “Pokemon” e “Jesus”.

E a sua? Já verificou se está seguro nas redes?

Confira a lista completa aqui.

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.