Ludmilla e Di Ferrero - Pavilhão luz Brasília

Pavilhão Luz: Di Ferrero faz estreia solo e Ludmilla traz baile funk a Brasília

No último sábado (7) aconteceu em Brasília mais um show do festival Pavilhão Luz. Com o […]

Por em 13 de dezembro de 2019
Foto: Bruno Cavalcanti

No último sábado (7) aconteceu em Brasília mais um show do festival Pavilhão Luz. Com o espaço lotado e muita energia, os shows ficaram por conta do cantor Di Ferrero e da cantora Ludmilla.

Confere só o que rolou:

Di Ferrero

Di Ferrero iniciou os trabalhos da noite e mostrou que está muito bem na sua nova fase. Com um EP recém lançado, “Sinais”, os fãs cantaram as novas músicas o mais alto que podiam, enquanto o cantor não continha a emoção e interagia com a galera.

Na setlist não faltaram hits do NX Zero. “Cedo ou tarde”, “Razões e emoções” e “Só Rezo” foram algumas cantadas no festival.

Campeão da edição 2019 do Show dos Famosos do Domingão do Faustão, o show também contou com covers, mostrando a versatilidade do artista. No backstage tivemos a oportunidade de conversar com cantor, falamos sobre carreira solo, novos trabalhos e uma brincadeira sobre artistas. A entrevista você confere no nosso IGTV:

https://www.instagram.com/tv/B6AyX-_Hq4z/?utm_source=ig_web_button_share_sheet

Ludmilla

Trazendo a turnê Hello Mundo pela primeira vez a Brasília, o show da cantora Ludmilla foi  o ponto forte da noite. Com alguns minutos de atraso, o show começou com hit jogando sujo que deu sequência a uma série de hits.

Acompanhada com banda, seis dançarinas e uma estrutura para ninguém botar defeito, Ludmilla levou o público ao delírio com seus sucessos antigos e atuais. Para quem achava que a cantora era ativista de telão, se enganou também. Em vários momentos durante a apresentação, a cantora protestou contra a homofobia, o racismo e a marginalização do funk.

Carismática, a maioria das músicas foram introduzidas antes de serem cantadas. Recém lançada, o hit verdinha não ficou de fora da setlist, todos no Pavilhão sabiam cantar o hino vegetariano. Depois do retorno positivo do público, a cantora ainda puxou uma acapella.

https://www.instagram.com/tv/B5z9hBuHbT-/?utm_source=ig_web_copy_link

Um medley de funk proibidão não poderia faltar né? “Cai de boca”, “Vem amor” e “Festa da língua” levaram o público ao delírio, além de um “Medley da Gaiola” que não deixou ninguém parado. O show durou pouco mais de 1h15 e encerrou com o pavilhão inteiro dançando o hit “Invocada”. Melhor artista do funk que fala, né?

Pavilhão Luz

O Pavilhão Luz se encerra na semana que vem, mas a participação do Tracklist vai até esse final de semana, com os shows da cantora Cynthia Luz e do rapper Baco Exu do Blues. Nós amamos a parceria e já estamos com saudade de tudo que vivemos. Pra conferir tudo que rolou nesse festivalzão basta acessar nosso site e conferir nosso instagram.

Clique aqui para garantir ingressos para os últimos dias. E aqui para conferir a nossa entrevista com a IZA!


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!