angra e sandy na gravação do clipe de black widows web

Mais 6 feats inusitados do mundo da música que você nem lembra

No ano passado, reunimos 5 feats inusitados do mundo da música que você nem lembra, mas […]

No ano passado, reunimos 5 feats inusitados do mundo da música que você nem lembra, mas são tantas parcerias inesperadas que resolvemos fazer uma segunda parte!

Abaixo, relembramos mais 6 colaborações que você vai gostar de relembrar.

Angra e Sandy

Em 2018, o grupo de heavy metal Angra surpreendeu no lançamento do seu disco Ømni.

Isso porque uma das faixas do disco, Black Widow’s Web, conta com a participação de Sandy. A cantora, mais familiarizada com o pop, surpreendeu nos vocais da música.

Além de Sandy, a música também é uma parceria com Alissa White-Gluz, vocalista da banda sueca Arch Enemy.

Apresentação ao vivo de Black Widow’s Web.

Na época do lançamento da música, Sandy falou um pouco em seu Instagram sobre como surgiu a parceria.

“Não foi só a música que me atraiu, mas toda a ideia da letra, a questão da ‘viúva negra’ como uma analogia com as mídias sociais. Quando o Rafael me trouxe essa ideia, fiquei super empolgada em poder fazer parte. Adoro desafios e amo ter oportunidades de fazer coisas que, talvez, as pessoas não esperem de mim artisticamente.”

angra e sandy na gravação do clipe de black widows web
Foto: Reprodução.

Maite Perroni e Thiaguinho

O RBD sempre manteve uma relação muito próxima com o Brasil e, mesmo com o fim da banda, seus integrantes cultivaram essa proximidade.

No seu álbum de estreia, Eclipse de Luna, a cantora pop Maite Perroni convidou Thiaguinho, conhecido por seu grupo de pagode Exaltasamba, para fazer parte da versão brasileira do single Inexplicable.

Lyric video de Inexplicable.

Após a gravação, em 2013, o cantor foi até suas redes sociais agradecer o convite de Maite. “Muito obrigado Maite pelo convite pra cantar contigo! É um prazer dividir essa canção com uma cantora tão querida por tanta gente e tão talentosa!”.

Entrevista sobre o single Inexplicable.

Além de Perroni, outros integrantes do RBD já fizeram parcerias com artistas brasileiros. Dentre eles, um inusitado foi entre Anahí e Renne Fernandes, vocalista da banda Hevo 84, numa versão do single Alérgico da cantora.

Videoclipe de Alérgico.

Belinda e Jojo

Em 2011, a cantora Belinda já tinha lançado uma música com o sertanejo Luan Santana, Meu Menino/Minha Menina. Mas, em 2019, ela surpreendeu e animou aos fãs a anunciar uma parceria com Jojo Todynho.

O feat foi uma versão da música La Chapa Que Vibran, que também conta com a participação da rapper La Materialista. A faixa teve direito até a clipe gravado na República Dominicana.

Videoclipe de La Chapa Que Vibran (remix).

Di Ferrero e Nelly Furtado

Em 2006, Nelly Furtado lançou seu álbum Loose e, durante a divulgação, decidiu fazer diferentes versões do single All Good Things (Come to an End). No Brasil, o vocalista da banda Nx Zero, Di Ferrero, foi o convidado para ajudar na versão em português.

Videoclipe de All Good Things.

Na época do lançamento, Di contou “Meu produtor disse que a Nelly tinha ouvido uma musica do Nx e gostou da minha voz. Eu fiquei meio paralisado na hora”.

Durante a passagem da cantora pelo Brasil em 2010, ela o recebeu no show de Porto Alegre para cantar a faixa ao vivo.

All Good Things ao vivo.

Nelly sempre se mostrou admiradora da música brasileira. Em 2003, a cantora chegou a escrever uma música com Caetano Veloso, Island Of Wonder.

Fiuk e Jorge Ben Jor

Quero Toda Noite foi o segundo single do álbum de estreia de Fiuk, intitulado Sou Eu. A faixa foi escrita pelo cantor com a ajuda do músico Jorge Ben Jor.

Quando a parceria foi lançada, Fiuk disse “nunca pensei que ele [Jorge Ben Jor] iria gostar da música e ia querer gravar junto”.

Já Jorge não conteve elogios ao cantor “Fiquei muito orgulhoso de ser convidado para cantar com o Fiuk. Foi difícil entrar no suingue dele”.

Videoclipe de Quero Toda Noite.

Thirty Seconds to Mars e Projota

Em 2018, o single Rescue Me do Thirty Seconds to Mars ganhou um remix com a participação do rapper Projota.

Lyric video de Rescue Me feat. Projota.

Entretanto, essa não foi a primeira vez que o cantor se juntou com o grupo. Durante o Rock in Rio 2017, Projota foi convidado especial do Thirty Seconds e dividiu o palco com a banda cantando Walk on Water.

Já em 2018, durante um dos shows da turnê Monolith em São Paulo, Projota subiu aos palcos no lançamento da nova versão de Rescue Me.

E essa não foi a primeira parceria feita pela banda com um artista brasileiro. Em 2008, o Thirty Seconds to Mars lançou uma versão do hit The Kill com a cantora Pitty.

The Kill (versão brasileira).

Qual dessas é sua parceria preferida? Esquecemos de incluir alguma? Conta pra gente nas nossas redes sociais!


Por em 12 de janeiro de 2021

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!