Iggy Azalea em São Paulo: O show que os fãs tanto esperaram

A noite do dia 15 de Dezembro foi marcada pelo show da australiana Iggy Azalea em […]

Por em 17 de dezembro de 2019

A noite do dia 15 de Dezembro foi marcada pelo show da australiana Iggy Azalea em São Paulo. Pela primeira vez no Brasil com um show solo e completo, a rapper fez uma apresentação grandiosa, mesmo que rápida. Agradou aos fãs de longa data, mas deixou uma pulga atrás da orelha dos simpatizantes.

A casa abriu pontualmente as 19h e começou com um show enérgico da brasileira POCAH. Com 4 dançarinos e um repertório conhecido pelos presentes, foi uma ótima surpresa.

Já a apresentação de Silky Ganache é algo que podemos dizer que é muito específico para quem acompanha o programa RuPaul’s Drag Race. Quem caiu de paraquedas ficou pouco confuso, pois é um estilo de show ao qual não estamos acostumados aqui no Brasil. Mas isso não impediu do público se manter engajado.

Iggy Azalea subiu ao palco exatamente às 21:18, com seus 4 dançarinos, ela abriu o show com Sally Walker, após a intro de Hey Iggy, e seguiu com Black Widow. Nesse momento, o público estava eufórico e respondendo muito bem as investidas da australiana a apontar o microfone para a platéia.

Fernando Marques – Tracklist

Seguindo com suas músicas mais conhecidas como Started, Kream e Iggy SZN, Iggy Azalea estava entregando um show enérgico para os presentes e mostrando sempre sua gratidão por finalmente estar no Brasil com um show próprio.

No meio do show, Iggy avisou que tinha perdido a voz, tamanha a emoção que estava sentindo ao encontrar um público tão apaixonado e que a apoio desde o primeiro momento.

Ela demonstrou seu carinho citando que os seus fãs brasileiros são os mais apaixonados e comprometidos, e contou como foi difícil chegar no Brasil, após sua mala ter sido extraviada.

Fernando Marques – Tracklist

A lotação da casa estava bacana para um show no meio de Dezembro, e mesmo que não tenha atingido sua capacidade total, o público presente deu conta do recado e cantou a plenos pulmões as músicas da australiana.

Chegando ao final do show, Iggy cantou Work, Fancy e chamou Pabllo Vittar ao palco para performarem a parceria “The Girls”. Levando o público, que já esperava a parceria, ao delírio completo.

E com isso encerrou o show, o público da casa ficou esperando o bis, uma vez que era completamente plausível que aconteceria. Já é de praxe um artista anunciar o fim do show e voltar para mais três músicas!

Porém, por conta da voz e por fazer shows curtos durante a carreira, Iggy terminava alí o seu primeiro show no Brasil, que deixou todo mundo com gostinho de quero mais.

Para os fãs e simpatizantes de longa data, foi um show enérgico e empolgante por escutarem, finalmente, as músicas que foram sucesso, ao vivo. Para os simpatizantes, ficou o gostinho de quero mais.

De qualquer forma, sabemos que um show foi bom, quando o sentimento que fica era de que daria para assistir mais tranquilamente.


Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!