ENTREVISTA: Topic comenta seus hits e fama internacional | Tracklist
25 de junho de 2020 por Redação Tracklist.

Por Gustavo Ferreira

O DJ e produtor Topic finalmente está colhendo os louros de trabalho duro por muitos anos. O artista alemão que já trabalhou com a cantora Ally Brooke concedeu uma entrevista exclusiva para o Tracklist e agora você pode conhecer um pouco mais da carreira desse nome de peso no cenário EDM europeu.

Tracklist: Atualmente, você tem uma música muito bem sucedida chamada “Breaking Me”. A faixa está no topo das paradas não só nos Estados Unidos, mas em diversos países. Esse trabalho é sua música de maior destaque até o momento. Quando começou a trabalhar nela? Foi rápido o processo?

Topic: Comecei a trabalhar nessa música com o A7S no verão do ano passado em Berlim e durante 4 meses não mexemos na música… E em uma viagem para Miami decidimos finalizar a música. Terminamos a faixa, produção e tudo mais depois de cinco ou seis semans a música foi lançada.

Track: O que fez com que você decidisse por lançar “Breaking Me” como seu novo single? O que é tão especial sobre essa canção?

Topic: Eu produzo muitas músicas o tempo inteiro, então é difícil dizer. Tem a ver com a sensação que eu tenho… O que meu coração está me dizendo. Acredito que seja porque a música é ótima e o cantor também!

Track: Você é um dos compositores de “Breaking Me”. Como que essa música aconteceu e qual a história por trás dela? É um relato real?

Topic: Não é uma história pessoal. Tenho um amigo que sempre me manda músicas e em uma das nossas sessões conversamos sobre criar algo com uma vibe meio triste, falando sobre corações partidos e situações que que acontecem quando alguém brinca com os sentimentos de alguém…

Track: Por qual razão você escolheu A7S para participar desse projeto?

Topic: A7S é um grande amigo meu. Ele é da Suécia também já faz música a algum tempo. Nós temos sessões de composição quase que o tempo inteiro fazendo coisas novas e quando nós finalizamos “Breaking Me”, pensamos em incluir uma colaboração nela, mas aí decidimos em deixar o A7S cantar.

Track: Quero saber mais do seu passado como artista. Seu single atual é um hit, mas você tem lançado canções desde 2014. Com que idade começou a criar faixas próprias e quando surgiu o interesse em ter a música como profissão? 

Topic: Comecei a produzir músicas em 2008. Funcionava mais como um hobby e também produzia músicas para muitos artistas, mas nunca pra mim. Aí em 2014, eu nem sei porque comecei a lançar músicas no meu nome… Mas me pareceu normal, porque sempre gostei de dance music e ter faixas no meu nome fazia sentido… Resolvi tentar pra ver no que dava e em 2014 foi o início disso tudo.

Track: Lá trás, no início da sua carreira, já conseguia sonhar com reconhecimento internacional? Sua segunda música de trabalho “Home” teve reconhecimento ao redor do mundo e tem até certificações de platina. Como foi sua reação ao receber esse certificado?

Topic: É claro que você não acha ruim receber esse tipo de reconhecimento, mas nunca foi o meu objetivo porque sempre parecia algo tão distante… Tipo, em dezembro quando lançamos a música… Dizer que eu queria e esperava o que está acontendo agora, estar praticamente no top 20 de músicas mais tocadas no Spotify sempre pareceu inancalsável e praticamente insano. Por isso que tudo parece uma loucura no momento.

Track: Desde a estreia de sua carreira, você sempre foi um nome reconhecido na cena EDM, especialmente na Europa, mas observei que sua maior exposição nos Estados Unidos, foi com o lançamento de “Perfect” com a cantora Ally Brooke, lá em 2018. Acredito que nesse período você também foi introduzido ao mercado brasileiro. Vocês dois tiveram um evento de lançamento da música em Los Angeles e performaram a música juntos… Essa canção foi tão popular, que recebeu uma nomeação ao Teen Choice Awards. Como foi a experiência de poder promover seu trabalho de forma tão efetiva em outro país — o maior mercado musical no mundo?

Topic: Foi um projeto ótimo de se fazer. Nunca tinha tido uma música lá nos Estados Unidos e então eu tive a chance de trabalhar com ela… Ally estava muito animada e ela foi muito legal! Vários fãs dela apareceram nos eventos promocionais que fizemos e com certeza foi algo incrível. Sem contar que foi uma colaboração muito boa.

Track: você e seu amigo Kayef já trabalharam nos seus videoclipes. Correto? Você gosta de estar envolvido na parte visual dos seus lançamentos? Pretende dirigir e gravar mais dos seus clipes no futuro?

Topic: Eu gosto muito de estar envolvido nessa frente que também envolve minha música e com certeza vou acabar fazendo o mesmo para os videoclipes que tenho em mente para os próximos trabalhos. Não sei se atuarei como diretor, mas vou ter alguma participação… Vocês vão ver.

Track: Como DJ e produtor, você provavelmente recebe propostas de colaborações em singles. Quais são os fatores que fazem você escolher os artistas que vai trabalhar?

Topic: Quem é a pessoa é o mais importante. Vocês terão que ter muito contato pra fazer o projeto acontecer e se você não se dá bem com o outro artista, aí pode ser que aconteçam muitos problemas no caminho… Então além disso a pessoa precisa cantar!

Track: Quais são alguns dos artistas que gostaria de ter nos seus próximos projetos?

Topic: John Mayer! Ele é um gênio no estúdio e só de poder estar junto com ele seria incrível pra mim!

Track: Mesmo que você tenha apresentado músicas novas com muita frequência nos últimos anos, seu último álbum completo foi lançado em 2015. Por que você optou por esse tipo de lançamento? 

Topic: A razão de ter mudado a forma de lançar músicas é porque a forma como as pessoas consomem música também mudou bastante… É muito difícil alguém para ouvir um álbum completo de uma vez só, acabam preferindo as músicas soltas então seria praticamente um disperdício soltar um álbum com tantas músicas que não serão ouvidas pelas pessoas…

Track: Falando de álbuns, qual a maior diferença entre liberar uma faixa por vez e um trabalho completo?

Topic: Acredito que faixas individuais ganham muito mais atenção e interesse das pessoas, do que algum trabalho mais longo e talvez mais complexo.

Track: Topic, obrigado por falar com a gente. Foi um prazer conversar com você! Como havia dito, me tornei fã do seu trabalho há alguns anos e saiba que nós do Tracklist mal podemos esperar pela sua visita ao Brasil, para que possamos trocar mais ideias pessoalmente. 

Topic: Mal posso esperar para estar aí com vocês. Muito obrigado pelo apoio e até breve!

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.