23 de novembro de 2016 por Andressa Paulino.

O cantor de funk que ganhou prioridade nas playlists do carnaval 2016 Mc Delano conversou com o Tracklist essa semana. O autor das famosas “Na ponta ela fica” e “Que grave é esse? ” falou sobre suas inspirações, seu estilo, previsão de CD e já até confirmou que “Remexe Mexe” vai ser a promessa do carnaval 2017.

Confira a entrevista:

Você nasceu em uma família de músicos, começou na banda de baile da sua mãe, depois participou da escola de samba Cidade Jardim e ainda foi integrante de um grupo de pagode. Porque você decidiu seguir carreira com o funk?

O funk foi um ritmo que apareceu na minha vida por acaso, de repente, na brincadeira. Gravei uma música e postei na internet e logo viralizou. Foi uma surpresa muito boa e que deu certo.   Eu sempre fiz a produção musical de uns amigos, estava inserido no meio a algum tempo. No começo eu era o MC DJ Delano, depois, com anos, fui amadurecendo e deu certo de hoje estar aqui mesclando ritmos junto ao funk.

Por ser tão engajado no universo musical desde pequeno você deve ter se habituado e conhecido diversos estilos musicais. Quais são suas influências hoje em dia?

Minha família é muito musical, desde criança estou acostumado a ouvir samba e outros ritmos. Atualmente admiro o trabalho do Drake, de como ele diversifica a música dele. Também escuto sertanejo, música cubana, trash/hip hop, o samba, que aprendi em casa, e claro, o funk, que é o berço de tudo. Ainda cito como referências Novos Baianos, Jorge Aragão, os Mutantes, Rita Lee, Led Zeppelin, entre outros.

O clipe “Na ponta ela fica” foi produzido por ninguém mais ninguém menos que o Kondzilla! Como foi essa parceria com um dos maiores produtores de videoclipes do Brasil?

Foi uma parceria bacana, de troca mútua de conhecimento e interação. Não teve um roteiro muito trabalhado, pois resolvermos fazer em cima da hora. Foram 14/15 horas de gravação, e diversão também. Quem sabe num futuro próximo não podemos refazer essa parceria de sucesso.

Seus funks costumam ser mais suaves. Por que você decidiu seguir essa linha um pouco diferente dos funks habituais?

Assim como houve amadurecimento no ritmo, houve também nas letras, mas sempre de maneira natural.  Eu quero que as pessoas se divirtam, dancem, remexam quando escutam ao som do Delano, e isso fica mais claro com letras suaves.

No seu novo clipe “Remexe mexe” você traz um funk com mistura de reagetton. Seus próximos trabalhos também vão ter essa mistura de estilos?

Sim, vamos manter a mistura de vários estilos para criar um álbum totalmente diferente. Estou me dedicando a esse novo projeto, e em 2017 teremos muitas novidades.

A gente já pode colocar Remexe Mexe na playlist do carnaval 2017 ou vai vir mais um single especial para a época da folia?

Pode sim, e pode ser que sim!!! Nosso single de trabalho é o Remexe Mexe, que promete agitar o carnaval da galera.

E falando em single, temos previsão pra um CD?

Estamos trabalhando para ano que vem trazer algo bem bacana para vocês.

E pra quem ainda não viu o novo videoclipe de Remexe Mexe: tá perdendo tempo! Dá só uma olhadinha:

 

Comentários

Alguns direitos reservados / 2013 - 2016.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.