Um dos nomes mais promissores do pop atual, a cantora Mabel tem muito o que comemorar. A jovem de 23 anos, que começou sua carreira em 2015, recebeu sua primeira nomeação ao Brit Awards 2019, na categoria “Melhor Revelação Britânica”. Prova disso foi o álbum “Ivy To Roses”, de 2017, que lançou o sucesso “Finders Keepers” – seu primeiro single,que ficou no top 10 das paradas britânicas e tem a participação de Kojo Funds.

Mabel não levou o prêmio, que foi para o cantor indie Tom Walker. Mas a nomeação na principal premiação britânica de música foi um grande (e esperado) passo em sua trajetória. “Eu fiquei muito feliz e animada. A nomeação sempre foi um sonho para mim”, disse a cantora em entrevista exclusiva ao Tracklist.

Filha da cantora sueca Neneh Cherry e do produtor Cameron McVey, Mabel cresceu com a influência da música em sua vida. Nascida na Espanha– mas com nacionalidade britânica –, a jovem foi criada na Suécia, onde estudou na escola de música Rytmus Musikergymnasiet, que também teve, em sua grade de alunos, nomes como Robyn e Tove Lo.

Toda a dedicação teve resultado: não foi à toa que Mabel abriu alguns dos shows da turnê europeia de Harry Styles, no ano passado. “A experiência foi maravilhosa! O Harry é extremamente talentoso, fora que foi muito legal cantar para milhares de pessoas ao mesmo tempo”, contou. E se eles ainda se falam? “Sim! Nos falamos, nos cumprimentamos”. Questionada se haveria possibilidade de uma parceria, Mabel apenas riu. Quem sabe?

O último lançamento da cantora foi o single “Don’t Call Me Up”, em janeiro. Co-escrita por ela, Steve Mac (Ed Sheeran, Years & Years) e Camille Purcell (Little Mix, Clean Bandit),  a música fala sobre o término de um relacionamento. Mas não é nada como “thank u, next”, de Ariana Grande; na letra, Mabel faz questão de cortar qualquer tipo de contato com o ex.”No clipe, eu quis fazer algo diferente, algo que demonstrasse uma mensagem de poder diante de uma música também poderosa”, disse em relação ao vídeo, que a mostra se divertindo com as amigas em vários cenários coloridos, numa vibe parecida com “New Rules”, de Dua Lipa.

Fique de olho nos próximos passos de Mabel, que tem como inspiração grandes nomes como Beyoncé. Uma coisa é certa: ela já está ganhando um bom espaço na indústria da música, e promete alçar voos ainda maiores!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.