17 de outubro de 2016 por Ana Laura Corrêa.

Foi lançado nesta segunda-feira (17) pela plataforma Spotify o disco póstumo do Sabotage.

Somente três faixas, das onze inéditas que integram o novo álbum, foram finalizadas pelo rapper antes de ser assassinado em janeiro de 2003, aos 29 anos, na zona sul de São Paulo.

As demais músicas, que já tinham seus vocais gravados, foram produzidas ao longo de dez anos por parceiros musicais que já conheciam e tinham trabalhado com o artista. Tejo Damasceno, Rica Amabis e Daniel Ganjaman, integrantes do coletivo Instituto, ficaram por conta da direção musical do disco. DJ Cia, Quincas Moreira, Tropkillaz, DJ Nuts, Mr. Bomba e Duani trabalharam como produtores associados no material.

O novo álbum conta ainda com as participações de BNegão, Funk Buia, Dexter, Rappin Hood, Sandrão, Negra Li, DBS e Shyheim, membro do coletivo americano Wu Tan Chan.

Ouça abaixo o material:

O disco terá uma audição exclusiva ao vivo na página do Spotify Brasil hoje às 20h55. As 11 músicas serão intercaladas por depoimentos de amigos, parceiros musicais e familiares do rapper, incluindo os filhos Wanderson e Tamires.

Em vida, Sabotage lançou apenas um álbum, “O Rap é Compromisso”, que chegou às lojas em 1999 e é um dos marcos do rap nacional, tendo influenciado nomes como Racionais MCs e Rappin’ Hood. Suas músicas tinham cunho social e tratavam de temas como drogas, violência e criminalidade.

Comentários

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.