in

“Break My Soul”: ouça e veja reações à nova música de Beyoncé

Nova música é o primeiro single do próximo álbum, “ACT I | RENAISSANCE”

Foto: Divulgação

Esta terça-feira, 21 de junho, ficou marcada como o grande retorno de Beyoncé. A cantora liberou em todas as plataformas digitais seu novo single “BREAK MY SOUL”, o primeiro do seu próximo álbum, o já anunciado “ACT I | RENAISSANCE”, previsto para 29 de julho. E, com o lançamento, o que não faltaram foram reações à música nova. Veja alguma delas!

Confira também a capa do novo single:

Reações à “BREAK MY SOUL”, de Beyoncé

A música “BREAK MY SOUL” conquistou rapidamente o primeiro assunto mais comentado no Twitter do Brasil. A maioria das reações estão com a hashtag #BreakMySoul ou #RENAISSANCE, o nome do novo álbum de Beyoncé.

Foto: Twitter

Menos de uma hora depois de a música ser lançada, ela já estava tocando em um show.

E em memes na internet.

Claro, a letra de Beyoncé na nova música também realmente chamou a atenção dos fãs.

“Beyoncé disse ‘libere seu trabalho?!’. Mas, Beyoncé, como eu vou pagar os ingressos de sua turnê?”

Contudo, na verdade, o trecho é de uma música da rapper Big Freedia, chamada “Explode”, de 2014. Além disso, é ela quem faz os vocais por trás de “BREAK MY SOUL”. Em seu Twitter, a artista comemora mais uma parceria com Beyoncé: “É surreal estar na pista com a rainha Beyoncé mais uma vez. Estou muito honrada em fazer parte desse momento especial. Sou eternamente grata, Senhor”, escreveu.

Veja outras reações à nova música “BREAK MY SOUL”:

Além disso, com o sucesso da nova faixa, a música chegou ao topo da playlist Today’s Top Hits do Spotify. Por outro lado, seu lyric video está em 11º lugar nas músicas em alta do YouTube.

Reviews sobre “BREAK MY SOUL”

Alguns veículos também já se prontificaram a escrever sobre “BREAK MY SOUL”. Na Rolling Stone americana, o retorno de Beyoncé foi triunfante. “Transbordando energia contagiante da dance music dos anos 90, a faixa marca um retorno triunfante para Beyoncé, uma artista e visionária sem medo de reinventar sua estética sonora e visual a cada novo ciclo de álbum”, escreveram.

Já o The Guardian escreveu sobre a sonoridade da canção. “É decorada com uma linha de piano saltitante, interjeições de voz crua sampleadas da rapper Big Freedia e um gancho que, irrevogavelmente, entra em seu cérebro e apresenta uma mudança de tom impressionantemente inesperada […]”, publicaram.

Para o inews, a música é “um prazer direto para o público sobre esquecer suas preocupações e reivindicar sua catarse na pista de dança”. “[A música] vê Beyoncé, sempre empurrando e se esforçando, continuando a abraçar e explorar novos sons, desta vez na forma de dance music – não que ela tenha algum problema em lidar com o gênero, como alguém que vem colocando as pessoas de pé há décadas”, concluíram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0