in ,

Review: Di Ferrero estreia na carreira solo com “UMA BAD UMA FARRA”

Álbum foi lançado nesta sexta-feira (6)

Foto: Divulgação

Por Nina Dacier e Brenda Saraiva – Nesta sexta-feira (6), Di Ferrero lança seu primeiro álbum de estúdio na carreira solo. Se desprendendo do legado do NX Zero, a tracklist de “:( UMA BAD UMA FARRA 🙂” conta com um mix de romantismo, reflexão, regada a melodias que brincam entre o pop, techno e pop punk.

A seguir, a equipe do Tracklist faz um review faixa a faixa de “UMA BAD UMA FARRA”, novo trabalho de Di Ferrero. Confira!

Leia também: Entrevista: Criolo procura refúgio na música e volta ao rap em “Sobre Viver”

Faixa a faixa de “:( UMA BAD UMA FARRA :)”, de Di Ferrero

TWITT3R

A primeira faixa do álbum já dá o tom do que podemos esperar ao longo da tracklist. Uma faixa reflexiva (ou instigante) que é aberta por um baixo marcado e baterias fortes. No refrão, cai em um beat techno anos 80 que nos lembra o estilo Daft Punk – o que nos surpreende positivamente. Inesperado, forte, e letra que rende muitas legendas nas redes sociais.

AONDE É O CÉU

O lead-single do trabalho é o primeiro respiro pop punk do álbum. Di deixa muito evidente o DNA do NX Zero com as guitarras fortes, mas com notas simples, embalada por uma letra chiclete e vocais bem divididos. A música já faz um imenso sucesso entre os fãs e claramente, seu refrão será um momento muito esperado nas performances ao vivo. Uma explosão de guitarras e um grito de “não vou perder meu tempo pra tentar te agradar e ser perfeito só para me encaixar”.

UM BRINDE ft BADAUI

A terceira faixa traz o feat de milhões! Badauí, vocalista do CPM 22, entra na canção e ajuda a compor a narrativa de um individuo que continua a seguir a vida, mesmo quando um amor mal resolvido ou os julgamentos da sociedade lhe bate a porta. Nessa letra, o ‘brinde’ é um ato de celebração e não de fuga – um brinde à vida e outro à nós, esse mundo hostil não calou nossa voz.

INTENSAMENTE

Pode abrir a janela do carro que essa aqui é uma vibe! “Intensamente” é um pedido de entrega ao amor, à vida, ao destino – como a letra nos diz: “vale a pena se jogar no mundo, baby, a vida é tão rara”! A mensagem da letra é embalada por guitarras elétricas muito marcadas, usando um timbre envolvente que nos lembram as bandas indie dos anos 2000. Não podemos deixar o feat com Vitor Kley passar em branco, pois a energia do clipe nos diz que essa dupla inesperada funciona bem (e muito!). Você pode conferir o clipe de INTENSAMENTE:

UMA BAD, UMA FARRA

A faixa que dá nome ao álbum conta a história de uma pessoa que em suas experiencias amorosas não teve o melhor dos fins. Porém, o refrão enfatiza que mesmo não levando a melhor, vale a pena se jogar nesse ciclo que não para. A metáfora relativiza que a vida é um constante movimento de cair e levantar – ou melhor dizendo, de uma bad e uma farra. O ritmo é envolvente, também lembra uma balada nacional dos anos 90/2000 e conta com uma linha de baixos inconfundível. Sem dúvida faz jus ao nome desse belíssimo trabalho

POLARIZADO

A faixa mais singular do álbum conta a história daquele amor mal resolvido do começo, e dá um background de quando a relação era leve e agora não mais. Com um ritmo incrível, a musica dança entre a balada e cai num techno que embala os segundos finais da canção. Muito envolvente!

FAKE SONG

Um interlúdio sempre é um momento mega esperado, e principalemente quando a letra é um choque de realidade regado ao rock pesado. Lembrando muito a escrita de Chorão, “Fake Song” é uma leitura da sociedade que joga o real no ventilador, chamando o ouvinte a ter opiniões próprias, não confiar em tudo que lê na internet e enfatizando que a união é nossa maior arma.

C A L M A

Um respiro, uma letra calma e a história de um amor… calmo. Com referências dos romances da série “Friends”, a musica enfatiza que o amor não precisa ser algo pesado, confuso e sim a beleza do cotidiano. “Ela me trouxe calma” é uma declaração de amor em dias tão confusos como os nossos. A melodia é algo sutil para que a letra possa sobressair. 10/10 pra botar nos Stories com o @, hein?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

    Loading…

    0