16 de Março de 2017 por Luana Mestre.

Sempre antes de começar a escrever essa coluna, fico revisitando artistas que eu ouvia muito no passado (principalmente na época em que era adolescente). Aly and AJ (Alyson Michalka e Amanda  Michalka) faz parte do rol de cantoras que eu ouvia no período, quando era influenciada pela Disney Channel (que ajudou a alavancar as carreiras de tantos artistas).

Recentemente, fiquei sabendo que as irmãs estão retornando à indústria musical, logo após uma tentativa mal sucedida como 78Violet (agora, elas mudaram para ‘Aly and AJ’ de novo). Falando nisso, quando eu vi o clipe de Hothouse – lá por 2013 – sentia uma vibe muito Lana Del Rey ( os diálogos durante o vídeo, a ótima produção, a música mais elaborada e o claro amadurecimento das artistas). Não era mais a dupla que eu conhecia e que fazia canções chicletes em 2007. Mas, o projeto como estava não vingou.

Isso me faz lembrar algo que comentei entre amigos dias desses, sobre bandas indies que se tornaram pop (“O indie de hoje é o pop de amanhã”)… E agora vejo que o contrário, infelizmente, também é verdadeiro! E isso não tem nada a ver com talento, mas talvez, falta de sorte.

E o que me surpreende: elas parecem ainda mais talentosas hoje em dia!

O álbum “Insomniatic”, que trouxe o sucesso “Potential Breakup Song”, completa 10 anos em  julho. As vendas foram um sucesso: 300 mil cópias nos Estados Unidos e 1 milhão mundialmente.

A letra da música? Trata basicamente de busca por empoderamento após um término de relacionamento: “It took too long for you to call back/ and normally I would just forget that/ except for the fact it was my Birthday/ my stupid birthday (Demorou muito pra você ligar de novo/ E normalmente eu só esqueceria/Exceto pelo fato de que era meu aniversário/ meu estúpido aniversário)”. 

Mas, essa não é a única composição que traz uma mensagem positiva para o/a ouvinte. Na adolescência (e até parte da vida adulta), a gente começa a refletir sobre quem somos nós e onde queremos chegar; questionando decisões e copiando modelos até. Em “No One”, ainda no primeiro disco “Into the Rush”, as irmãs cantam sobre essa busca interior e aceitação pessoal: “I am moving through the crowd, trying to find myself (Estou me movendo na multidão, tentando me encontrar)“.


Não sei quando os fãs finalmente serão agraciados com o novo material de Aly and AJ, mas acredito – por conta do trabalho delas como 78Violet e pelo amadurecimento musical de ambas – que será muito bem feito e produzido. Com dez anos sem lançar disco, é bem provável que elas queiram surpreender! Só resta aguardar e esperar para que a promessa seja cumprida!

 

 

 

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.