3 de março de 2017 por Luana Mestre.

Quando a música se alia a uma causa, ela se torna um movimento que pode salvar vidas. Jake Bugg é o primeiro artista a levantar a bandeira do Paralise o Guillain-Barré, iniciativa do On Stage Lab. Um dia antes do início da turnê oficial do álbum “On My One” no Brasil, o cantor se apresenta na capital paulista para um show privado (com local não definido).

Tudo começou quando Helena Martins, ex-aluna do On Stage Lab, idealizou o projeto após a morte da amiga Bianca Freitas. Promotora de concertos e co-fundadora da instituição de ensino, Bianca contraiu a doença e faleceu após ficar paralisada e ter o quadro agravado com pneumonia. Ela passou quatro meses no hospital, de junho a outubro de 2016.

“Depois disso tudo, me mobilizei com algumas pessoas que eram próximas dela e a gente resolveu fazer algo para falar sobre essa doença, que é rara e que muita gente tem e não sabe que tem, ou não sabe como contraiu porque não existe o diagnóstico ainda”, conta Helena ao Tracklist.

Bianca Freitas era promotora de eventos e foi co-fundadora do On Stage Lab

Segundo a idealizadora, Bianca era amiga de Jake Bugg e contribuiu para a vinda do artista ao Brasil pela primeira vez. “Quando fiquei sabendo que ele iria vir, eu pensei: ‘vou fazer alguma coisa com ele, pra ela’. Falei com a sócia dela, que é a Fabi, e o projeto foi se desenvolvendo. A gente entrou em contato com o Jake; ele ficou super animado e disse que faria com certeza. Abraçou totalmente a causa. Foi basicamente isso”.

A ideia é levar o projeto adiante, para mobilizar mais artistas e pessoas para a causa. “Todos nós (do On Stage Lab) temos uma finalidade muito grande com música. A gente vive de música, nosso trabalho é de música, a gente é apaixonado por música. A Bianca era apaixonada por música”, declara. “A gente tá tentando trazer tudo isso junto, e a gente tem sim, vontade de fazer com outros artistas. Esse evento com o Jake Bugg é o lançamento da nossa campanha, só que a gente pretende continuar com isso e quer muitos artistas participando. Estamos indo atrás disso”. 

 

A SÍNDROME DO GUILLAIN-BARRÉ 

Trata-se de uma doença autoimune que pode estar relacionada a outras infecções, além das arboviroses  (Zika Vírus, Dengue e Chicungunya).

A doença ocorre quando o sistema imunológico ataca parte do sistema nervoso. Os sintomas são:  fraqueza muscular, dificuldade de controlar os movimentos e, nos casos mais severos, o portador perde todos os movimentos do corpo, correndo risco de órgãos vitais ficarem comprometidos. A síndrome é rara e ocorre três semanas depois que o paciente teve infecção respiratória ou gastrointestinal viral.

 AJUDE A CAUSA!

Doe e contribua para as pesquisas sobre a doença, por meio da plataforma Kickante. O dinheiro arrecadado será direcionado ao departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ.

Também é possível contribuir por meio de uma cesta básica, e ainda, concorrer a um dos ingressos para o show privado de Jake Bugg. As coletas de alimentos não-perecíveis vão até esse domingo, 5. Saiba mais aqui.

 

 

 

 

Comentários

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.