André Paste

A gente sabe que vocês estão nessa busca incessante pra encontrar música nova na internet, eu também. Nem sempre, mas as vezes,  me  pego no youtube ou em algum serviço de música e não sei o que ouvir, fico maluca, insana. Mas faz parte do que rola nessa internet vida lôca, né? O segredo é procurar, ir nos mais profundos destinos e links que a internet pode nos levar pra encontrar música nova.

Só que… Gente, nem é tudo é música nova né? E se alguém misturasse uma música velha com uma nova? Um música sofisticada com um bagaceira? Tem gente que faz isso. É um povo que gosta da mistura. Você já se lembrou do que pode ser? É o povo que faz Mash Up, tem o João Brasil e tudo mais, o João é incrível, criativo e massa. Mas hoje eu vou falar com o André Paste, um garoto que faz uns mash ups pra lá de engraçados e que tem a pegada tchan do mash up : uma mistura bem maluca que pode virar uma coisa muito legal.

ANDRE PASTE

O André também me falou como é o processo criativo dele em fazer os mash ups, o que rola no Espírito Santo, que é onde ele vive e o que ele tem escutado de bom.

Dá só uma olhada:

Tracklist: (Gostaria de começar essa entrevista com uma parte bem abusada da minha parte) OI ANDRÉ, PRIMEIRAMENTE EU ADORO SEUS REMIXES (é mash ups, né Amanda? Que vergonha) É UMA BRINCADEIRA DELICIOSA, NÉ? (ok, essa é a parte tiete e abusada, agora eu vou começar a entrevista de verdade)

Tracklist: Como começou essa história de fazer Mash Ups?

André: Sempre escutei e colecionei muita músicas, mas comecei a produzir meus mash ups em 2009 depois de ouvir Big Forbiden Dances, um disco só de mash ups do João Brasil.

Tracklist: O que você anda escutando ultimamente?

André: Eu sempre estou escutando de tudo um pouco. Grande parte do meu dia eu escuto música. Os álbum que ouvi hoje foram : Everyday Robots do Damon Albarn, o Asiastich da Fatima Al Qdiri e o Mania Brasil da Turma do Pagode.

Tracklist: É engraçado com as pessoas rotulam música boa de música ruim, nos seus mash ups eu percebo que não existe o menor preconceito com nada né? É tipo o luxo e o lixo. Como é esse processo criativo?

André: Não curto esse lance de música boa e música ruim, acho que toda música tem o seu momento. Na hora de criar eu jogo todas as músicas que estou ouvindo do momento no Ableton Live ( software que uso para editar música ) e vou tentando combiná-las

Tracklist: Você virou/é uma celebridade da internet e com isso, convites para tocar em festa devem estar vindo aos montes. Sei que já tocou no Vegas-SP. Como é a reação da galera quando você toca o som?

André: Tocar é a parte mais divertida de todo o processo. Já toquei de norte a sul do Brasil e a recepção da galera na pista é sempre muito legal.

Tracklist: E para finalizar: Você é do Espírito Santo, como é a cena musical daí?

André: A cena daqui está cada vez mais legal, tem muita gente produzindo. O que tenho escutando ultimamente é o SILVA, ele é o melhor músico que já escutei.

Agora que você já conheceu o André Paste um pouco e do que ele gosta, vamos para o objetivo de verdade dessa entrevista que é : Escutar mash up bom e de boa qualidade, com vocês : ANDRÉ PASTE (gritos da platéia, please)


Esse pra mim é o melhor por motivos de : MSTRKFRT e Avassaladores.

Finalizo essa coluna com a emoção do encontro de XX e o funk. Brigada.

Tô sem palavras, é tanto mash up bom, que sei lá caras! Aproveitem =)

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.