10 fatos sobre Leon Bridges, cantor que abre shows de Harry Styles no Brasil

Se você ainda não sabe quem é Leon Bridges, está perdendo! O cantor americano de 28 anos traz uma visão moderna do clássico soul. Com um som inspirado nos anos 60 e influenciado por artistas como Sam Cooke, Bridges virou hit na internet em 2015 com apenas três músicas e conseguiu um contrato com a Columbia Records, uma das maiores e mais tradicionais gravadoras dos Estados Unidos.  Agora, o texano se apresenta no México e na América do Sul a convite de ninguém mais, ninguém menos que Harry Styles. Em terras brasileiras, as apresentações acontecem no dia 27 de maio no Rio de Janeiro e no dia 29 em São Paulo. Antes de conferir Leon Bridges e Harry Styles no Brasil, aqui vai uma lista de 10 fatos interessantes que vão te fazer gostar do cara:

Origens e influências

Ele nasceu em Forth Worth, no Texas, dia 13 de julho de 1989. Sendo assim, ele cresceu nos anos 90 e era praticamente devoto aos sucessos do R&B Usher e Ginuwine. Porém, o deus do soul, Sam Cooke, é sua maior inspiração.

Teve uma ascensão inesperada

Ele trabalhava em um restaurante chamado Del Frisco’s Grille. Lá ele tocou em vários open-mics até 2014. Ele foi descoberto por Austin Jenkins, guitarrista do White Denim e  mais tarde assinou contrato com a gravadora Columbia Records. Atualmente Bridges é cantor, compositor e produtor musical.

É autodidata

Ele aprendeu a tocar a guitarra sozinho, começando com acordes simples para acompanhar suas letras. Foi a canção “Lisa Sawyer”, que conta a história da mãe de Bridges e suas fortes raízes em New Orleans, que definiu seu estilo musical.

Do soundcloud para o mundo

Leon sacudiu os interesses da indústria musical quando publicou em seu Soundcloud. As canções “Coming Home”, “Lisa Sawyer” e “Better Man” foram gravadas e produzidas por Austin Jenkins e Justin Block do Niles City Sound. Na época, foi o bastante para conquistar o coração de muita gente e lotar o tradicional Troubador, no Santa Monica Boulevard, em Los Angeles. Eram tantas pessoas querendo um ingresso, que os bilhetes que originalmente custavam US$15, foram vendidos por US$75 e alguns até mesmo por US$200. As três músicas somam mais de 2 milhões de reproduções e mais 3 milhões no Spotify.

Primeiro álbum muito aclamado

Em 2015 ele lançou “Coming Home” seu primeiro disco de estúdio. O álbum atingiu número seis no Billboard 200 e foi nomeado para dois Grammys: Melhor Álbum R&B e Melhor Clipe.

Já virou trilha sonora

Sua canção mais conhecida é “River”. Ela faz parte da trilha sonora da série Big Little Lies. Se você assistiu ao seriado, com certeza colocou essa música na sua playlist.

Fez marcantes

Bridges já fez colaborações com a dupla de música eletrônica Odesza na música “Across The Room”. Outra canção em que ele aparece é “Kevin” de Macklemore e Ryan Lewis. Além disso, Leon fez uma participação especial no clipe de “REDMERCEDES” do rapper Aminé.

Ele esbanja estilo

Uma imagem fala mais que mil palavras.

Segundo álbum, também muito aclamado.

No início deste mês, Leon Bridges lançou seu segundo álbum, intitulado “Good Thing”. Os três singles que suportam o disco são: “Bet Ain’t Worth the Hand”, “Bad Bad News” e “Beyond”. Ele foi recebido positivamente e performou bem, estreando em 3º lugar no Billboard 200.

 

Estreia na América do Sul com Harry Styles

Na última terça-feira, dia 22, o cantor realizou um show solo em Buenos Aires, na Argentina. As críticas foram muito positivas e o público ficou encantado com o ritmo, gosto e prazer com que Bridges se mostrou no palco. Harry Styles, the man himself, deixou o hotel e foi conferir o show. No dia seguinte, 23 de maio, ele abriu o primeiro show da turnê Harry Styles Live on Tour na América do Sul. Ontem ele abriu o show para Harry no Chile e amanhã os dois se apresentam no Rio de Janeiro.

Leon Bridges é uma voz única que é difícil de ser encontrada em gerações. Por isso, devemos celebrar esse cantor que veio para mudar o jogo.

 

O Tracklist vai acompanhar Harry Styles no Brasil com abertura de Leon Bridges! Acompanhe por aqui, pelo Twitter e Instagram.

Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.