No dia 24 de julho, Demi Lovato sofreu uma overdose e foi levada rapidamente ao hospital. Desde então, informações diárias vem sendo divulgadas sobre a cantora, especialmente por portais como o TMZ, que noticiou a internação. Acompanhe as informações mais recentes divulgadas:

TMZ em 27/07

Segundo a publicação, a overdose de Demi Lovato foi intensa e muito perigosa. “Se a ligação para a emergência demorasse um minuto a mais, Demi estaria em apuros. ‘Ela poderia ter morrido’. Ela recebeu Narcan [remédio] para combater os efeitos de opióides. Conforme relatamos, Demi e aqueles que estavam em casa se recusaram a divulgar a droga ou as drogas que a levaram a overdose”, disse o site.

Entertainment Tonight em 30/07

Segundo o portal, a família da cantora está preocupada, porque a cantora “acha que pode controlar seu vício”. “Ela está melhorando pouco a pouco, com a ajuda da família, dos amigos e de Wilmer [Valderrama, namorado de Demi até 2016]. Ele a visita com frequência e passa horas com ela e sua família. Wilmer conhece Demi melhor do que ninguém. Ele viu seus altos e baixos, e tem estado ali para ela, e ele sabe que ela precisa dele mais do que nunca”.

TMZ em 30/07

Em 30 de julho, o TMZ noticiou que Demi Lovato vem sofrendo as complicações da overdose, como náusea extrema e febre alta. “Ela está sob os cuidados de especialistas e espera-se uma recuperação completa, mas ainda não há previsão de alta”.

TMZ em 31/07

“Demi Lovato não está em condições de falar sobre a reabilitação, apesar de amigos e familiares dizerem que ela precisa se internar para salvar sua vida. (…) Disseram-nos que os médicos nem preveem quando ela receberá alta do hospital, então ainda há tempo para discutir o tema. Várias pessoas que estão em contato com Demi nos disseram que não têm ideia de como ela receberá a mensagem de que precisa desesperadamente de reabilitação. Como uma fonte disse, ‘nós não sabemos como está sua cabeça’”.

Revista People em 01/08

“Demi nunca quis ser um modelo. Sua sobriedade nos últimos seis anos era uma luta diária”, afirmou a amiga da cantora para a revista People. “Depois que ela finalmente ficou sóbria, sua equipe foi muito difícil com ela e tratava ela como uma criança. É tão difícil ter todos esses olhos em você o tempo todo.

Ela é tão jovem e ela também tem uma personalidade bem rebelde. Ela não estava bebendo ou usando [drogas] de início, mas ela mesmo disse que ela não podia estar em um ambiente de festa. Ela achou que podia lidar com isso, mas é uma ladeira bem escorregadia”, disseram as fontes da revista.

Estamos todos torcendo pela recuperação total de Demi Lovato!

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.