12 de outubro de 2017 por Poliana Fontenele.

Foi ao ar ontem (10), o novo Carpool Karaoke do programa The Late Late Show com James Corden, e a convidada desta vez foi a renovada Miley Cyrus.

Enquanto cantavam alguns de seus maiores hits, como “We Can’t Stop”, “Wrecking Ball”, “The Climb” e “Party In The U.S.A”, James e Miley tiveram uma boa conversa sobre o passado da moça. Ao ser perguntada sobre Hannah Montana, personagem que lhe trouxe a fama, a cantora demonstra maturidade ao dizer que hoje já a aceita como uma parte dela e que não tenta mais fugir desse passado, e sim, abraçá-lo. E ainda afirma: “Eu acho que todo mundo deveria abraçar quem costumava ser, pois é o que te fez ser quem você é agora.”

Já em relação ao polêmico VMA de 2013, Cyrus confessa que estava totalmente sóbria durante a apresentação e que foi naquele dia que ela se tornou a ativista que é hoje. “Eu percebei que, se muitas pessoas iriam falar de algo que eu fiz, então eu deveria fazer disso uma coisa boa, eu deveria fazer algo que poderia mudar a vida das pessoas ao invés de fazer parte de algo controverso que não faz nada a não ser virar uma fantasia de Halloween”, disse.

Como a própria letra de “Younger Now”, último single de Miley, já diz: “eu não tenho medo de quem eu costumava ser; ninguém permanece o mesmo”, e é praticamente isso que vimos a cantora reafirmar durante o papo com James Corden.

Assista ao Carpool Karaoke completo:

Comentários

Mais lidas
Alguns direitos reservados / 2013 - 2017.
Desenvolvido por Lucas Mantoani.